'Tenho vontade de escrever meu nome no São Paulo', aponta Igor Gomes após pênalti decisivo


Contestado pela torcida, mas com status de peça-chave no São Paulo com o técnico Rogério Ceni, o meia Igor Gomes deixou o Allianz Parque na última quinta-feira (14) festejado após fazer história como o responsável por converter o pênalti decisivo ante o Palmeiras que classificou o Tricolor às quartas de final da Copa do Brasil.


GALERIA
+ ATUAÇÕES: Jandrei salva o São Paulo nos pênaltis, se vinga de arquirrival e define classificação às quartas da Copa do Brasil


Nos vestiários após a partida, Gomes revelou uma conversa com o pai após a decisão por pênaltis e foi além, dizendo que pediu para fechar a série de penalidades ante o rival alviverde e que um de seus objetivos é 'escrever o nome' no clube do coração.

- Meu pai me ligou, me mandou uma mensagem e falou: ‘P** moleque, você quer me matar. Você vai ser o quinto?’. Eu falei: ‘Pai, me desculpa, mas ali é onde eu mais me sinto vivo’. Essa determinação, essa vontade de resolver...eu tenho vontade de escrever meu nome do São Paulo, meu clube do coração.

Mostrando estar predestinado a grandes feitos, o meia apontou que não teve medo dos pênaltis e ainda apontou que gostou da sensação de ir para a cobrança.

- Surgiu a oportunidade uma forma natural, e eu não fugi. É fruto do meu trabalho, do meu dia a dia. Eu não gosto muito de falar disso. Mas a caminhada de onde eu estava até a bola um dos momentos mais gostosos que um jogador pode viver, além da comemoração.

TABELA
> Confira classificação, jogos e simule resultados do Brasileirão-22
> Confira todos os jogos da Copa do Brasil-22
> Confira todos os jogos da Copa Sul-Americana-22
> Conheça o novo aplicativo de resultados do LANCE!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos