Tchê Tchê lamenta empate do Botafogo e relembra depressão: 'Não conheciam esse outro lado meu'

Botafogo novamente não conseguiu vencer dentro de casa (Foto: Vítor Silva/ BFR)


Com muitas chances criadas e desperdiçadas, Botafogo e América-MG empataram por 0 a 0 no Nilton Santos. Após o fim do jogo, Tchê Tchê concedeu entrevista e analisou a atuação do time alvinegro neste domingo.

+ De manto novo! Veja as novas camisas dos clubes brasileiros pós-pandemia

- No primeiro tempo, eles começaram melhor, ditaram um pouco mais de ritmo. É uma equipe muito bem treinada pelo Mancini e vem bem no campeonato. A gente tinha consciência da dificuldade. Infelizmente, não conseguimos os três pontos. Não fizemos uma má partida. A gente martelou. Infelizmente, o goleiro fez boas defesas - declarou o volante alvinegro.

+ Gatito vê direito da torcida em vaias ao Botafogo após empate e sinaliza renovação

Tchê Tchê também comentou sobre a entrevista que concedeu ao "The Players 'Tribune". No depoimento, o volante revelou que sofreu depressão na época que atuava pelo São Paulo. Neste domingo, o jogador fez questão de afirmar que conseguiu superar essa fase.

- Uma entrevista totalmente espontânea. Muitas vezes, as pessoas acham que eu sou um cara mais frio. Não sou um cara de falar muito. As pessoas não conheciam esse outro lado meu. Mas não fiz aquilo para as pessoas sentirem dó dos jogadores. A gente só espera que as violências diminuam. Não fiz para aparecer, foi algo espontâneo. Eu venci, graças a Deus. Hoje eu falo com naturalidade disso - completou.

O Botafogo volta a campo no próximo sábado, contra o Coritiba, às 19h, no Nilton Santos, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro.