TAS respalda Fifa e Uefa, e clubes russos não disputarão torneios na Europa

Conflito geopolítico entre Rússia e Ucrânia afetou a seleção e os clubes russos (Foto: JEWEL SAMAD / AFP)


O Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) rejeitou nesta sexta-feira os apelos da Federação Russa de Futebol (FUR) e dos clubes CSKA Moscou, Zenit, FC Sochi e Dínamo Moscou contra a Fifa e a Uefa. O processo contra as duas entidades foi aberto após a exclusão de todas as equipes das competições europeias de futebol.

Devido ao conflito geopolítico entre Rússia e Ucrânia, a Fifa determinou que a Rússia não jogaria a repescagem das Eliminatórias da Copa do Mundo e, consequentemente, não teria chance de disputar o Mundial do Qatar. Na seleção feminina, a Rússia perdeu a vaga para disputar a Eurocopa.

Após o início da guerra, a Uefa determinou a exclusão do Spartak Moscou da disputa da Liga Europa. O clube russo era o único do país vivo em uma competição do velho continente, mas saiu por W.O. sem enfrentar o RB Leipzig.

+ Ranking de melhores times do mundo tem brasileiros no topo

Por conta da manutenção da suspensão de clubes russos, o Zenit, CSKA Moscou, FC Sochi e Dínamo Moscou que se classificariam para as competições da Uefa via Campeonato Russo não estarão aptos para a disputa das competições (Champions, Liga Europa e Conference League).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos