Steve Kerr: 'Vai ser difícil ganhar de Boston se eles fizerem 21 bolas de três pontos'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Steve Kerr analisou derrota dos Warriors em primeiro jogo das finais da NBA (Foto: Glenn James/AFP)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


“Vai ser difícil ganhar de Boston se eles fizerem 21 bolas de três pontos, sendo 11 delas de Al Horford e Derrick White”. Assim o técnico Steve Kerr iniciou a coletiva de imprensa na madrugada desta sexta-feira após a derrota do seu Golden State Warriors para o Boston Celtics, por 120 a 108, na primeira partida das finais da NBA.

O que poderia parecer uma declaração até certo ponto irônica do comandante dos Warriors veio seguida de elogios. Muitos elogios.

- Temos que dar crédito para esses caras. Eles converteram todos os arremessos importantes no último quarto. Eles foram brilhantes - reconheceu Kerr.

Questionado sobre a atuação de sua equipe no último quarto - vencido pelos Celtics por 40 a 16 -, o técnico dos Warriors lamentou alguns erros, mas voltou a destacar o excelente desempenho dos adversários.

- Cometemos alguns erros, tivemos algumas posses muito ruins no ataque e eles simplesmente se aproveitaram disso. Quando você toma cinco, seis bolas de três pontos seguidas em um quarto, é difícil reagir. Vamos assistir ao jogo novamente e ver o que podemos melhorar - avaliou o treinador.

Se a primeira derrota em casa nos playoffs nesta temporada incomodou, Steve Kerr pelo menos pôde comemorar o retorno do ala Andre Iguodala. O veterano jogou 12 minutos e contribuiu com 7 pontos e 3 assistências naquele que foi seu primeiro jogo nos playoffs.

- Eu não diria que ele jogou muitos minutos, mas ele foi muito bem. É um jogador que tem experiência em finais, tranquiliza o time e é um grande defensor. Ele fez um ótimo trabalho hoje - destacou o comandante.

Golden State Warriors e Boston Celtics voltam a se enfrentar no próximo domingo, 5 de junho, a partir das 22h, novamente no Chase Center, em San Francisco.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos