Sport publica relatório que mostra a diminuição de dívidas trabalhistas

Diretoria do Sport conseguiu reduzir as dívidas trabalhistas do clube pernambucano (Anderson Stevens/Sport)


O Sport publicou, por meio da vice-presidência financeira, o demonstrativo contábil do primeiro semestre de 2022. Os números foram auditados por uma empresa especializada em contabilidade e fazem parte do novo perfil de transparência adotado pelo clube, com base no Programa de Modernização da Gestão de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro (Profut).

O balanço mostra que o clube pagou R$ 4.182.992 referentes a ações trabalhistas na primeira metade deste ano, diminuindo a dívida com acordos e quitações na Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD), além de realizar negociações e pagamentos na Justiça do Trabalho. A redução no passivo do Sport fez com que a CNRD destacasse a postura compromissada do clube durante os acordos e a recuperação da credibilidade para novas negociações.

'A divulgação de mais um balancete denota o compromisso da nossa gestão com a transparência. Desde o primeiro momento, o clube assumiu o compromisso de divulgar esses dados para conversar de forma direta com a nossa torcida, para que tenham conhecimento do que se passa dentro do Sport. Estamos quitando muitos débitos, com salários em dia, e fechamos o semestre com um lucro líquido de R$4 milhões. É pouco para o tamanho do Sport, mas representativo quando viemos de sucessivas crises financeiras', afirmou Yuri Romão, presidente do clube.

Além de diminuir os débitos, o Sport acertou processos antigos e pendências, com conclusão nos casos de Thomás, Nelsinho Baptista, Marcão e intermediários de Rithely. Além disso, acordos foram firmados em ações envolvendo Carlos Henrique, Anselmo e Guto Ferreira.

O aumento de R$46 milhões no patrimônio da área referente à Ilha do Retiro também foi um ponto de destaque do relatório. Avaliada agora em R$123 milhões, inúmeras reformas ajudaram na valorização da Ilha, com destaque para as melhorias estruturais, a construção do complexo de tênis, em andamento, e a recuperação do parque aquático, que foi reaberto. Também foram realizadas melhorias estruturais e o clube iniciou as construções de instalações para a base e para a equipe de futebol feminino.

O relatório financeiro traz todas as circulações contábeis do Sport no período entre os dias 1 de janeiro e 30 de junho, a fim de esclarecer e prestar contas ao torcedor sobre o contexto orçamentário do clube neste período. Em relação às receitas obtidas, os números referentes ao primeiro semestre são proporcionais ao que foi arrecadado em 2021. O que representa um significativo ganho de arrecadação, visto que o Sport caiu de divisão entre as temporadas e perdeu receitas significativas referentes a direitos de transmissões.