Sport ainda não assinou rescisão de Lisca e cobra valores

Anderson Stevens/Sport


Se no aspecto midiático o técnico Lisca já foi até mesmo anunciado como o novo comandante do Santos, no que se refere a questão burocrática, existe um desentendimento envolvendo o profissional e sua última equipe, o Sport.

>Pesquisa aponta as 26 maiores torcidas do Brasil

Segundo relatou ao portal 'ge' o Vice-Presidente Jurídico do Leão, Rodrigo Guedes, o clube da Praça da Bandeira ainda não recebeu o valor de R$ 150 mil referente a multa rescisória prevista em contrato e que Lisca teria apontado que pagou do próprio bolso para se desvincular da equipe pernambucana.

Além dessa verba, o Sport também cobra uma multa paga junto ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva equivalente a R$ 12 mil e também uma "taxa de agenciamento" de Lisca. Sendo que, no último dos casos citados, não houve especificação de quantia.

- A gente mudou a estrutura dos contratos. Agora, o agenciamento é proporcional ao período que ficar, se ele sair antes só tem direito a 2%. No agente dele, fizemos proporcional ao valor que ele tinha para receber - disse o dirigente, agregando:

- Ele pagando, a gente libera. Vamos atrás de todos os valores, tudo que a gente arcou com Lisca.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos