Serena Williams vence Kontaveit, número 2 do mundo, no US Open de sua possível despedida

Em mais uma exibição incrível, perto de fazer 41 anos, Serena Williams eliminou nesta quarta-feira a estoniana Anett Kontaveit, número dois do tênis feminino, e avançou para a terceira rodada do US Open, o possível último torneio de sua carreira.

Serena voltou a fazer vibrar a quadra central de Flushing Meadows (Nova York), a maior do mundo, com sua vitória por 7-6 (7/4), 2-6 e 6-2.

A americana, que na quinta-feira estreia em duplas com sua irmã Venus, anunciou que sua despedida do tênis está próxima, mas reluta em confirmar se isso vai acontecer no Grand Slam de Nova York.

"Não há pressa, estou adorando esta multidão", disse ela com um sorriso após a vitória. "É realmente fantástico, ainda há um pouco mais em mim, vamos ver."

Williams, jogando apenas sua sexta partida neste ano, enfrentou um desafio maior do que em sua estreia na segunda-feira contra a número 80 do ranking da WTA, a montenegrina Danka Kovinic.

Kontaveit reagiu após perder o set inicial mas, empurrada pelos mais de 23 mil torcedores na quadra Arthur Ashe, Serena impôs seu saque ainda arrasador e sua experiência para superar a adversária.

"Sou apenas Serena", disse a americana quando perguntada se ela está admirada com seu nível.

"Quando perdi o segundo set, pensei: 'Tenho que dar o meu melhor, porque isso pode ser o fim'", disse ela. "Mas sou uma jogadora muito boa, é isso que faço melhor".

A americana vai enfrentar na terceira rodada a australiana Ajla Tomljanovic, número 46 do ranking mundial.

gbv/cl/aam