Serena Williams adia aposentadoria com vitória na primeira rodada do US Open

Serena Williams no US Open

Por Steve Keating

NOVA YORK (Reuters) - Serena Williams mostrou que não está pronta para a aposentadoria, avançando à segunda rodada do US Open na segunda-feira, com uma vitória por dois sets a zero, 6-3 e 6-3, sobre Danka Kovinic.

A vitória sobre a 80ª colocado no ranking da WTA, apenas a segunda de Serena este ano, é um impulso de confiança para a norte-americana, mas o caminho para seu 24º troféu de Grand Slam agora se torna traiçoeiro.

Esperando por Serena Williams está a cabeça de chave número 2, a estoniana Anett Kontaveit, que bateu Jaqueline Cristian por 6-3 e 6-0.

Serena indicou sua intenção de se aposentar em um artigo da Vogue no início de agosto, dizendo que estava "evoluindo para longe do tênis", mas nunca confirmando o US Open como seu evento final.

Jogando em seu 21º US Open, Serena Williams nunca perdeu na primeira rodada e a vitória sobre Kovinic foi sua 106ª em Flushing Meadows.

A norte-americana mostrou sinais de nervosismo, acumulando duplas faltas quando Kovinic ficou na frente por 3-2.

Mas Serena Williams, como já fez tantas vezes, elevou seu jogo quando precisou, varrendo os quatro games seguintes para arrebatar o primeiro set.

No comando, ela não deixou escapar o segundo set e, com o match point e a torcida em pé, ela dançou de alegria quando a devolução de Kovinic atingiu a rede.

(Reportagem de Steve Keating em Nova York, reportagem adicional de Amy Tennery)