Senado toma decisão sobre inclusão de jogos eletrônicos como esporte

Jogos eletrônicos não serão mais considerados esportes (Divulgação/EA Sports)


Um projeto de lei do Plano Nacional de Desporto foi aprovado na última quinta-feira pela Comissão de Educação e Esporte (CE). De acordo com o 'UOL', a iniciativa, que vai reorganizar o sistema desportivo do Brasil, vai deixar de considerar os jogos eletrônicos como esporte.

+ Cartolouco discute com empresário no 'Power Couple Brasil' e ganha água na cara

Antes, por intervenção da Comissão de Constituição e Justiça, os jogos eletrônicos estavam incluídos como esporte. A relatora do projeto, que tramita há cinco anos, é a senadora Leila do Vôlei (PDT-DF). Jogos como o xadrez, que exigem mais da mente também eram considerados.

+ Haaland aparece com camisa do Flamengo nas redes e torcedores se empolgam: 'Vem pra cá'

No novo texto, de 122 páginas e 140 artigos, ficou decido que esporte é 'toda forma de atividade predominantemente física que, de modo informal ou organizado, tenha por objetivo atividades recreativas, a promoção da saúde, o alto rendimento esportivo ou o entretenimento'.

+ Tem brasileiro! Veja o ranking dos 50 clubes com as marcas mais valiosas do mundo

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos