Sem Cássio, Corinthians estaria na zona do rebaixamento no Brasileirão

Cássio busca o seu primeiro título de Copa do Brasil pelo Timão (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)


Na noite de ontem (29) o goleiro Cássio fez uma defesa nos minutos finais que garantiu a vitória por 1 a 0 do Corinthians sobre o Red Bull Bragantino, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

+ ATUAÇÕES: Cássio faz milagre, e Mosquito é decisivo em vitória do Corinthians sobre o Bragantino

Foi a 21ª defesa difícil do ídolo corintiano neste Brasileirão. Com 21 partidas disputadas, o Gigante tem média de fazer um defesa com alto grau de dificuldade a cada vez que entra em campo pela competição.

Cássio está no top cinco entre os goleiros com mais defesas difíceis no Brasileiro, atrás somente de Tadeu (Goiás), João Paulo (Santos) e Gatito Fernandes (Botafogo), com 26, 24 e 23 defesas difíceis, respectivamente.

Porém, diante desses números, o questionamento que fica é: o que seria do Corinthians sem Cássio?

O LANCE! foi atrás para saber o quanto essas intervenções milagrosas de Cássio impactam na pontuação.

+ Confira a tabela do Brasileirão e simule os próximos jogos

De acordo com informações fornecidas pelo ‘Footstats’ jogo a jogo e com um parâmetro construído pela reportagem do L!, o Corinthians estaria na penúltima colocação do Campeonato Brasileiro, caso o Cássio não praticasse as suas defesas milagrosas na competição deste ano.

Os 21 milagres de Cássio ocorreram em 10 jogos diferentes, contra Fortaleza, Internacional, São Paulo, América-MG, Cuiabá, Fluminense, Flamengo, Coritiba, Botafogo e Red Bull Bragantino. 

Dos confrontos citados acima, apenas contra Flu e Dourado não mudaria em relação ao impacto do resultado, já que eles pederam. Um dos jogos vencidos estava fadado à derrota corintiana, já sete foram empates que existem ponta do Gigante. Ao contrário, seriam reveses do Coringão. 

Com 21 pontos a menos do que tem hoje, o Corinthians estaria na 19ª colocação do Campeonato Brasileiro. O Time do Povo somente não seria ultrpassado pelo Juventude, lanterna da competição, com 17 pontos ganhos.