Seleção Brasileira encerra preparação para amistoso contra Gana; veja a escalação

Seleção Brasileira vem se preparando em Le Havre, na França (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)


A Seleção Brasileira encerrou, nesta quinta-feira, a preparação para o penúltimo amistoso antes da Copa do Mundo do Qatar contra Gana, em Le Havre. Com uma formação inédita, o técnico Tite fez os últimos ajustes para ter Éder Militão na lateral-direita, além do quinteto com Lucas Paquetá, Neymar, Raphinha, Vini Jr e Richarlison na frente. A partida será às 15h30 (de Brasília), no Estádio Océane.

+ Convocação, jogos… O calendário da Seleção Brasileira até o final da Copa do Mundo

​A atividade desta quinta foi aberta para a imprensa apenas para o aquecimento. Nos dias anteriores, os repórteres puderam acompanhar os treinamentos de Tite sem maiores limitações. A escalação, porém, não é dúvida.

O Brasil terá: Alisson, Éder Militão, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Telles; Casemiro, Lucas Paquetá e Neymar; Raphinha, Vini Jr e Richarlison.

Veja a tabela da Copa do Mundo 2022

​Uma presença especial durante o treino foi do técnico Odair Hellmann, que comandou Internacional, Fluminense e esteve no radar do Vasco. Ele está sem clube desde que deixou o Al-Wasl, dos Emirados Árabes, em junho, e foi o auxiliar da Seleção na conquista do ouro olímpico no Rio de Janeiro, em 2016.

UM DESFALQUE

O único desfalque de Tite para esse amistoso será Bruno Guimarães, que não participou do treino pelo segundo dia seguido. O jogador reclamou de dores depois da atividade de terça-feira e, após realizar exames, teve constatado um edema muscular na coxa esquerda. Ele está fora da partida contra Gana, mas faz tratamento para tentar ficar disponível diante da Tunísia, em Paris.

O segundo amistoso será na terça-feira, no estádio Parque dos Príncipes, em Paris, que pertence ao Paris Saint-Germain. Gana está no Grupo H da Copa do Mundo com Portugal, Uruguai e Coreia do Sul, e pode enfrentar o Brasil nas oitavas caso termine em primeiro. Já a Tunísia é do Grupo D ao lado de França, Austrália e Dinamarca.