Seleção Brasileira: astros movimentam bilhões em transferências

Antony e Raphinha mexeram com muito dinheiro no mercado da Europa (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)


Os astros da Seleção Brasileira movimentaram mais de R$ 2 bilhões na janela de transferências na Europa. O atacante Antony acertou sua ida para o Manchester United no último fim de semana por 100 milhões de euros (R$ 504 milhões) e foi o mais caro dentre os atletas da equipe de Tite.

Uma das saídas que mais agitou a janela foi a de Casemiro do Real Madrid para o Manchester United. Com dificuldades em reforçar o setor, os ingleses investiram cerca de 70 milhões de euros (R$ 352 milhões) em um dos melhores volantes da atualidade.

Nos últimos dias do mercado de transferências, Lucas Paquetá também acertou sua ida para o West Ham por cerca de 70 milhões de euros (R$ 302 milhões). O meia ainda não foi anunciado, mas a expectativa é de que tudo seja resolvido nas próximas horas.

Outros atacantes da Seleção Brasileira movimentaram muito dinheiro. Raphinha e Richarlison custaram aos cofres de Barcelona e Tottenham, respectivamente, 58 milhões de euros (R$ 292 milhões) cada. Já o Arsenal pagou 52 milhões de euros (R$ 262 milhões) ao Manchester City por Gabriel Jesus.

Se o lateral-esquerdo Renan Lodi, que tem 15 jogos pela Seleção Brasileira, entrar na conta, o valor da movimentação dos jogadores da Amarelinha ainda irá ser acrescido em R$ 25 milhões, uma vez que seu empréstimo para o Nottingham Forest custou cinco milhões de euros.