Sebastian Vettel deixará a Fórmula 1 ao término da temporada

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Quinze anos após sua estreia na principal categoria do automobilismo, o tetracampeão mundial Sebastian Vettel encerrará sua carreira na Fórmula 1 no final desta temporada, anunciou o piloto nesta quinta-feira(28).

Vettel, de 35 anos, atualmente pilota pela equipe Aston Martin.

"A decisão de deixar a F1 no final do ano foi difícil de tomar e pensei muito sobre isso. No final do ano, quero tirar um tempo para refletir sobre o que quero fazer a seguir", anunciou Vettel, citado em um comunicado de sua equipe antes do Grande Prêmio da Hungria neste fim de semana.

"Como pai, quero passar mais tempo com minha família. Não se trata de dizer adeus hoje, mas sim de agradecer a todos, começando pelos fãs, sem os quais a F1 não poderia existir", acrescentou.

Campeão mundial em 2010, 2011, 2012 e 2013 quando esteve na Red Bull, Vettel soma 53 vitórias em Grandes Prêmios até o momento, sendo superado apenas pelo britânico Lewis Hamilton (103 vitórias) e por seu compatriota Michael Schumacher (91).

Depois de passar pela Ferrari de 2015 a 2020, foi para a Aston Martin em 2021, equipe pela qual ainda não venceu.

"Não aproveito muito e não tenho muita motivação para estar aqui só por estar. O objetivo sempre foi vencer e estar na liderança", explicou o piloto em entrevista.

"Não é uma decisão que tomei de um dia para o outro. A decisão final foi tomada ontem, quarta-feira. Eu pensei muito antes de decidir. É o momento certo para fazer outras coisas", disse.

- 14º na atual temporada -

Vettel não conseguiu mais um título pela escuderia italiana, o que seria o primeiro da equipe desde a vitória do finlandês Kimi Raikkonen em 2007.

Após sua conturbada saída da Ferrari, o piloto alemão encontrou refúgio na Aston Martin, equipe do milionário canadense Lawrence Stroll, pai do piloto Lance Stroll, seu atual companheiro.

Depois de uma temporada difícil em 2021, na qual terminou o Mundial de pilotos em 12º, Vettel ocupa atualmente a 14ª colocação no campeonato, com apenas 15 pontos.

Um final de carreira complicado para quem já dominou a F1. Depois de participar de testes na equipe suíça Sauber, Vettel estreou na categoria pela Toro Rosso (atual AlphaTauri) em 2007, antes de se tornar na época o piloto mais jovem a vencer uma prova na F1, no Grande Prêmio de Monza de 2008, com 21 anos, dois meses e 11 dias. Esse recorde foi batido depois pelo holandês Max Verstappen.

Mas o alemão continua sendo um dos maiores campeões da F1, atrás de Michael Shumacher e Lewis Hamilton (7 títulos cada um), Juan Manuel Fangio (5 títulos) e igualado a Alain Prost.

- Engajamento ecológico -

Em sua passagem pela Ferrari, Vettel foi duas vezes vice-campeão mundial (2017 e 2018), atrás de Lewis Hamilton e sua Mercedes.

"Foi uma honra poder competir com você e uma honra ainda maior poder chamá-lo de meu amigo", escreveu Hamilton em sua conta no Instagram após o anúncio do alemão.

Discreto e reservado em sua vida particular e familiar, Vettel é um grande conhecedor da história do automobilismo e um ávido colecionador de motos e carros.

Assim como Hamilton, não hesita em se comprometer com causas como a ecologia e a proteção do meio ambiente. Nesse sentido, é um grande defensor dos combustíveis sintéticos, considerados como a via para o futuro da F1.

Sobre este assunto, ele fez um apelo "nas entrelinhas" aos dirigentes da F1.

"No futuro, vamos viver momentos decisivos. A forma como iremos agir nos próximos anos vai determinar nossas vidas. Minha paixão vem com alguns aspectos que aprendi a não gostar. Isso pode ser resolvido no futuro, mas a vontade de fazer essas mudanças deve ser muito mais forte e deve levar à tomada de ações hoje. Falar não é suficiente e não podemos esperar. Não há outra alternativa, a corrida está em andamento".

jld/jr/jde/iga/jc/cb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos