Se não jogar pela Seleção, Danilo voltará ao Palmeiras com mais de 20 dias sem entrar em campo

Danilo viajou, mas só treinou com os convocados por Tite (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)


O torcedor do Palmeiras ficou furioso e frustrado ao saber que Danilo, convocado para a Seleção Brasileira, não ficaria nem no banco do amistoso diante da Coreia do Sul, na última quinta-feira. Se o palmeirense já estava descontente com o desfalque, agora está mais ainda por sua não utilização. Caso Tite realmente não aproveite o garoto, ele chegará a 22 dias sem atuar quando voltar a jogar pelo Verdão.

GALERIA
> Confira quantos minutos cada jogador do Palmeiras atuou em 2022

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Por conta da limitação de jogadores no banco de reservas (12 atletas, sendo dois goleiros), o técnico do Brasil acabou cortando quatro de seus convocados diante dos sul-coreanos. Além de Danilo, já citado, Éder Militão, Gabriel Magalhães e Gabriel Martinelli ficaram fora da lista de relacionados.

Foi isso que acabou causando a revolta da torcida alviverde, que viu um de seus melhores jogadores ser "tirado" do time e não ser utilizado logo no primeiro jogo da Seleção na Ásia. Ainda haverá mais um amistoso, diante do Japão, na próxima segunda-feira, em Tóquio, mas o receio de o volante não ser utilizado novamente já é grande.

Se isso de fato acontecer, o jogador terá ficado um longo período sem disputar um jogo. Isso porque, a última vez que ele entrou em campo pelo Palmeiras foi no dia 21 de maio, diante do Juventude, em Caxias do Sul. Na partida de seguinte, quando ainda estava à disposição, Abel Ferreira o deixou no banco contra o Deportivo Táchira, já pensando em preservá-lo em sua primeira convocação.

Nesta sexta-feira, já são 13 dias que Danilo não entra em campo para jogar futebol que não seja em treinos. Enquanto isso, já perdeu o clássico contra o Santos e ficará os duelos diante do Atlético-MG e também diante do Botafogo, todos pelo Campeonato Brasileiro.

A previsão é que ele volte a defender o Verdão no dia 12 de junho, diante do Coritiba, fora de casa. Caso não seja utilizado por Tite contra o Japão, o volante quebrará um jejum de 22 dias sem atuar quando entrar em campo no Couto Pereira, na capital paranaense.

Para o palmeirense, resta esperar seu xodó retornar da Seleção Brasileira e reforçar o elenco novamente em busca dos objetivos da temporada. O prejuízo esportivo já está aí, não voltará atrás. O jeito é projetar essa volta para seguir no topo da tabela do Brasileirão-2022.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos