Se mantiver média de jogos, Léo Natel renderá valor ao Corinthians

Na semana passada, o Corinthians negociou o empréstimo do atacante Léo Natel ao Casa Pia, de Portugal, com a possibilidade de vender o jogador ao fim da próxima temporada, caso ele atue 45 minutos em, pelo menos, 60% dos jogos do clube no período.

E a chance do Timão embolsar algo em torno de 1,5 milhão de euros (R$ 7,8 mi, na cotação atual) é grande, caso o jogador mantenha a regularidade de apresentações da última temporada, quando vestiu a camisa do Apoel, do Chipre, também por empréstimo.

Entre setembro de 2021 e maio de 2022, Natel esteve em campo em 29 jogos, sendo que somente em dois ele jogou menos do que 45 minutos. Foi titular em todas as ocasiões que se apresentou e deixou a sua marca seis vezes.

No período em que defendeu o Apoel, o time cipriota fez 34 jogos, sendo 37 na temporada, o que significa que Léo Natel esteve presente, atuando mais do que 45 minutos, em 72,9% dos compromissos da equipe. Com isso, caso o acordo que o Timão firmou com o Casa Pia nesta temporada fosse no ano passado, com o Apoel, o Time do Povo já teria embolsado uma grana.

Ainda que tenha jogado uma quantidade considerável de partidas e deixado os seus golzinhos no Chipre, o Apoel não quis exercer o direito de compra que tinha pelo atacante, que era de 2,5 milhões de euros (R$ 13 mi, na cotação atual).

O Timão estava até mesmo disposto a baixar a pedida para 1,5 milhão de euros (R$ 7,8 mi, na cotação atual) para concluir a venda, mas duas questões pesaram para negativa do time cipriota: a desvalorização do euro e a temporada decepcionante que o clube fez, ficando apenas na terceira colocação da liga local e caindo nas quartas de final na copa.