'Se fosse a favor do Fortaleza, esse pênalti não teria sido marcado', dispara ex-jogador

Ganso anotou o pênalti e ajudou na classificação do Fluminense (Armando Paiva / Lancepress!)


A classificação do Fluminense contra o Fortaleza no Maracanã, nesta quarta, foi recheada de polêmicas. A principal se deu por conta de um lance de pênalti marcado para o Tricolor, convertido por Paulo Henrique Ganso. O lance foi criticado pelo ex-jogador Bechara Oliveira.

+ CBF deve firmar novo contrato milionário para direitos de transmissão da Copa do Brasil

- Não é choro, mas se esse pênalti fosse a favor do Fortaleza, eu acho que não teria sido marcado. Tenho certeza absoluta, sem dúvida. E o segundo gol ainda estava impedido, tá doido - disse o comentarista durante transmissão na Amazon Prime Video.

+ Zinho revela profecia da mãe sobre Seleção Brasileira e chora ao lembrar de sua morte: 'Parou de sofrer'

Aos 18 minutos, Matheus Martins sofreu falta, mas o árbitro entrou em ação e assinalou pênalti para o Fluminense por entender que o contato ocorreu dentro da área, apesar do atacante cair no semicírculo. O lance gerou polêmica também nas redes sociais.

+ Mauro Cezar ironiza absolvições de Gabigol e Arrascaeta no Flamengo: 'Surpresa de zero pessoas'

A transmissão também contou com o apresentador Tiago Leifert, o influenciador Casimiro Miguel e o ex-atacante do Fluminense Rafael Sobis. Os três ficaram indecisos sobre o assunto e também sobre um possível impedimento de German Cano no segundo gol do Tricolor.