Santos se reúne com Luxemburgo e pode anunciar técnico nesta quarta

Vanderlei Luxemburgo ficou distante do Santos (Foto: Cesar Greco / Palmeiras)


O Santos terá, nas próximas horas, uma reunião que pode definir o retorno do técnico Vanderlei Luxemburgo ao comando do clube após 19 anos longe da Vila Belmiro.


+ Avaí, Chapecoense, Fluminense, Grêmio, Santos e Sport ganham camisas inspiradas em países, veja fotos

A diretoria do Alvinegro Praiano já havia se encontrado com o treinador na noite desta terça-feira (13) para alinhar alguns detalhes do possível acordo. A ideia do Peixe era ter Luxemburgo apenas como gerente de futebol, deferente do que o profissional, de 70 anos, pediu.

O que ficou definido e será apresentado na reunião nesta quarta-feira (14) aos membros do Comitê de Gestão do clube é: Luxemburgo chega para treinar a equipe até o final do ano e, para 2023, será "apenas" gerente de de futebol. Ele fará parte da montagem do elenco, preparação para pré-temporada e na escolha do novo técnico.

O último trabalho de Luxemburgo aconteceu no Cruzeiro, na Série B do ano passado. Ao todo, contabilizou oito vitórias, 11 empates e quatro derrotas em 23 jogos e conseguiu livrar a equipe Celeste de um possível rebaixamento à Terceira Divisão.

Recentemente, o treinador foi candidato ao Senado pelo estado do Tocantins, no Partido Socialista Brasileiro (PSB), mas acabou desistindo.

Passagens pelo Santos

Vanderlei Luxemburgo teve sua primeira passagem no Alvinegro Praiano em 1996. O treinador conquistou o Torneio Rio-São Paulo. Em 2004, comandou Robinho, Diego e Elano no título do Campeonato Brasileiro. Em sua terceira passagem, a partir de 2006, conquistou o bicampeonato Paulista, em 2006 e 2007.

Já em sua última presença no clube, em 2009, teve seu pior desempenho dirigindo o Santos e acabou dando adeus no final da temporada. Em 25 partidas, conquistou apenas nove vitórias e oito empates. O aproveitamento foi de 46,6%.