Santos prioriza técnico argentino Sebastián Beccacece para substituir Lisca

SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Horas depois de ouvir o pedido de demissão de Lisca, o Santos já tem o Plano A: Sebastián Beccacece. O técnico argentino optou por sair do Defensa y Justicia (ARG) no domingo (11).

A saída do Defensa não tem nada a ver com o time alvinegro, até porque o presidente Andres Rueda foi surpreendido com o pedido de Lisca. Beccacece já foi cogitado pelo Santos em outros momentos. O interesse nele foi inicialmente publicado pelo GE.

O Santos ainda não procurou Becca diretamente, mas fez um contato com o seu estafe. Se o profissional demonstrar interesse, haverá uma reunião com o presidente Rueda. Por enquanto, o interino é Orlando Ribeiro, treinador do sub-20.

O contrato do treinador terminaria no Defensa em outubro, mas ele antecipou o fim do vínculo. O time argentino faz campanha ruim e não substituiu jogadores importantes que foram negociados. Ele evitou desgaste com a torcida e afirma que, até o momento, não tem nada acertado com outro clube.

"Às vezes tem que sair do lugar de conforto, do que eu chamo de minha casa. Nunca fui vaiado aqui", disse Beccacece, em sua despedida.

Ele tem 41 anos e foi auxiliar de Jorge Sampaoli nas seleções do Chile e da Argentina. Ele já dirigiu Universidad de Chile, Independiente e Racing, e foi campeão da Recopa pelo Defensa y Justicia em 2021.

O Santos vê Beccacece com o perfil ideal para tocar o planejamento de 2023. Com semanas livres e na 10ª colocação no Campeonato Brasileiro, o Peixe poderia facilitar a adaptação do argentino.