Santos não vai mais lucrar com saída de Gustavo Henrique para a Turquia

Gustavo Henrique é o novo reforço do Fenerbahçe (Foto: Reprodução / Twitter)


Flamengo e Fenerbahçe, da Turquia, mudaram os termos da negociação envolvendo o zagueiro Gustavo Henrique. Agora, o atleta será emprestado até 30 de junho de 2023 ao time turco.

Com essa mudança na negociação, o Santos deixa de lucrar R$ 675 mil. Como faz parte da cesta oferecida no projeto Token da Vila, a venda do defensor iria fazer os proprietários de Tokens lucrarem, o que deixou de acontecer.

A explicação é que durante exames clínicos do defensor, complicações no joelho direito foram diagnosticadas. Então, para evitar ficar em definitivo com um jogador que tem "indícios" de futura lesão, a equipe sugeriu o empréstimo. Caso GH cumpra um determinado número de jogos, o Fenerbahçe terá que comprá-lo.

Gustavo Henrique passou 13 anos na Vila Belmiro desde a base até sua última participação no time principal do Santos, em 2019. Ele estreou no time principal justamente contra o Flamengo, no Nilton Santos, pelo Campeonato Brasileiro de 2012. Na ocasião, o zagueiro tinha apenas 19 anos e a partida terminou com o placar 1 a 0 para os cariocas.

O defensor chegou a ser capitão do Santos em 2019, quando ele viveu um imbróglio de quase um ano discutindo com o clube uma possível renovação. Gustavo Henrique então acabou deixando o Peixe no início de 2020 para defender o Flamengo. Para liberar o atleta poucos dias antes do fim de seu contrato, Santos e Gustavo Henrique entraram em acordo sobre pequenas dívidas que o clube tinha com o defensor.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos