Santos aprova Orlando Ribeiro, mas deve buscar outro técnico para 2023

SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Após a derrota por 1 a 0 contra o Internacional, no último sábado (1º), o Santos se prepara para receber o Atlético-MG nesta quarta-feira (5), na Vila Belmiro, às 21h30 (de Brasília), pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Será a segunda partida de Orlando Ribeiro como técnico efetivo do clube praiano.

A direção alvinegra aprova o trabalho de Ribeiro, mas deve buscar outro técnico para 2023. Treinador do sub-20, o profissional de 55 anos assumiu o Santos interinamente depois do pedido de demissão de Lisca e foi efetivado até o fim do Campeonato Brasileiro.

A diretoria do Santos vê muito potencial em Orlando e pensa em tê-lo na comissão permanente a partir da próxima temporada, mas entende que ele pode não estar preparado para o desafio. Mesmo aos 55 anos, ele vive a primeira experiência como profissional.

Se os resultados e desempenho forem satisfatórios até o fim do Brasileiro, Orlando Ribeiro pode mudar a ideia do time alvinegro praiano. O pensamento inicial, porém, é buscar um treinador mais experiente para 2023.

Essa inexperiência, na visão dos dirigentes, foi vista na derrota de 1 a 0 para o Internacional, no Beira-Rio. Orlando apostou num time com apenas um volante e acabou dominado pelo Colorado. A cúpula santista entende que Orlando Ribeiro é bom e possui características ofensivas, mas pode não estar pronto para esse salto.

Nas últimas semanas, o Santos ouviu o "não" de Sebastián Beccacece e Marcelo Bielsa. Sem candidatos unânimes no Comitê de Gestão, o presidente Andres Rueda optou por dar mais tempo para Orlando Ribeiro e começar a pensar no ano que vem.

Juan Pablo Vojvoda, do Fortaleza, é uma dessas "unanimidades" no mercado. O argentino tem contrato no Leão até dezembro e ainda não definiu seu futuro. Marcelo Paz, presidente do clube cearense, crê que a decisão será renovar, principalmente pela gratidão de Vojvoda. O Fortaleza bancou o treinador mesmo com uma grande sequência de resultados ruins neste ano.

O caminho do Santos deve ser trazer um estrangeiro. O time projeta mais investimento em 2023, com reforços de maior peso. O clube da Baixada Santista terá terminado de pagar vários acordos de dívidas antigas no fim da atual temporada.

ESCALAÇÕES

Para a partida desta quarta, Ribeiro deve contar com o reforço de Felipe Jonatan, que volta de suspensão. Por outro lado, o time alvinegro será desfalcado por Camacho, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Maicon e Madson, que seguem se recuperando de lesões.

Uma possível escalação inicial do Santos tem: João Paulo; Nathan, Luiz Felipe, Eduardo Bauermann e Felipe Jonatan; Rodrigo Fernández, Carlos Sánchez e Luan; Ângelo, Soteldo e Marcos Leonardo.

O Atlético-MG, por sua vez, deve seguir desfalcado por Pedrinho, Igor Rabello e Guilherme Arana, todos lesionados, enquanto Keno recebeu o terceiro amarelo e é ausência confirmada.

Uma possível formação inicial do técnico Cuca tem: Everson; Mariano, Jemerson, Júnior Alonso e Rubens; Otávio, Allan e Nacho Fernández; Zaracho, Pavón e Hulk

Estádio: Vila Belmiro, em Santos (SP)

Horário: Às 21h30 (de Brasília) desta quarta-feira (5)

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (Fifa/RJ)

VAR: Wagner Reway (PB)

Transmissão: Premiere