Samuel Xavier lamenta bolas na trave e vê jogos decisivos para o Fluminense até o fim da temporada

Samuel Xavier vem sendo titular com Diniz no Fluminense (Foto: Marcelo Gonçalves/Fluminense FC)


O Fluminense voltou a vencer depois de duas partidas ao bater o Avaí no Maracanã. Os gols foram de Germán Cano e Matheus Martins, mas o lateral-direito Samuel Xavier chegou perto de se consagrar três vezes. Ele acabou sendo parado pela trave em todas as oportunidades. Após a partida, o jogador lamentou as chances perdidas, mas celebrou o bom resultado pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

- É difícil. Ser lateral, chegar ali e hoje a bola teimou de não entrar no gol. Mas levantar a cabeça, o importante foi a vitória da equipe, o desempenho. Estávamos precisando desse resultado. Vínhamos de placares ruins para nós e nossos objetivos no campeonato. Foi importante para dar uma embalada antes do jogo com o Cruzeiro. Não tinha passado por essa situação. Jogava no Ceará, fiz dois gols no primeiro tempo, me machuquei e saí do jogo. Hoje tive a oportunidade de fazer três gols e foram três bolas na trave. Mas acontece, estamos sujeitos a isso - disse na zona mista.

Veja a tabela da Série A do Brasileirão

O Tricolor vinha próximo da zona de rebaixamento, mas subiu para sexto lugar, com 18 pontos. Agora o Fluminense volta as atenções para a Copa do Brasil. Na quinta-feira, recebe o Cruzeiro no Maracanã às 19h, pela ida das oitavas de final. No Brasileirão, a próxima partida é o clássico com o Botafogo, domingo, às 16h.

- O ambiente está bom, estamos chateados com o resultado que tivemos. sabemos que não tem jogo fácil. Daqui até novembro serão partidas difíceis. Estamos classificados na Copa do Brasil e temos que vencer para passar de fase e no Brasileiro tem que vencer para ficar na primeira página. Temos um objetivo grande. Até novembro será só jogo decisivo. Temos que estar preparados, descansar bastante, estamos vindo de uma sequência difícil. É descansar e traçar uma estratégia boa para vencer o Cruzeiro - afirmou.

- Gostamos de jogar no Maracanã com o apoio do nosso torcedor. Temos que montar uma estratégia boa para essas partidas. É pensar jogo a jogo, respeitar o Cruzeiro, que vem fazendo uma grande Série B, e ir em busca da vitória diante do nosso torcedor para dar um passo grande na Copa do Brasil - completou.

Na vitória sobre o Atlético-MG no Maracanã, Fernando Diniz elogiou Samuel Xavier e relembrou que foi ele quem começou a usar o jogador de lateral-direito ainda na época de Paulista. O atleta relembrou o início e projetou um futuro no Flu.

- Foi muito bom, fomos campeões da Copa Paulista. Eu já tinha jogado de lateral, mas ainda estava naquela de ser lateral ou meia. O Diniz chegou e falou que eu jogaria de lateral, dali para frente embalei bem. Teve esse encontro aqui, espero que a gente seja feliz e possamos conquistar títulos - finalizou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos