Samuel Xavier acredita em título do Brasileiro e reforça confiança de Diniz no Fluminense

Samuel Xavier será titular no Fluminense diante do América-MG, no Maracanã (Marcelo Gonçalves/Fluminense)


A busca do Fluminense pelo título do Campeonato Brasileiro segue complicada pela diferença de pontos com relação ao líder Palmeiras. Contudo, os jogadores estão confiantes. Após a goleada sobre o o Juventude, o lateral-direito Samuel Xavier, autor de um dos gols da vitória, reforçou a esperança de levantar a taça da competição.

– Acho que com o título a gente estaria satisfeito, É o que a gente almeja, é possível. Sabemos que é difícil. O Palmeiras vem fazendo um grande campeonato, assim como a gente. Vamos continuar sonhando, acreditando. Como falei, o importante é a gente fazer a nossa parte até o final. A Libertadores vai ser a consequência dessa nossa entrega pelo título. Continuar acreditando, sonhando até o fim do campeonato. Em busca das vitórias, dos nossos objetivos. Um jogo difícil agora contra o Atlético-MG, adversário difícil, em Minas Gerais. Então, é continuar acreditando no título, ir em busca das vitórias.

Samuel Xavier também destacou a confiança passada por Fernando Diniz. O lateral é titular absoluto da posição e vem tendo boas atuações ao longo das partidas.

– Um treinador que já te conhece, que sabe a forma como você gosta de jogar. Isso é importante, você jogar onde se sente à vontade. E ele me deu toda essa liberdade. Sabendo como o Samuel gosta de jogar. Já tinha trabalhado com ele no Paulista, de Jundiaí. Isso foi um grande passo para essa melhora, para a evolução dentro de campo. O Diniz tem grande parcela nisso, porque é um paizão. Cobra, mas dá muita confiança. E dá liberdade para eu fazer o que mais amo que é jogar futebol – disse.

+ VEJA A TABELA DO BRASILEIRÃO

O lateral ainda contou que vive uma cobrança dentro de casa, mas de uma forma mais amena. O filho de Samuel Xavier pediu para o pai fazer cambalhota e também o gol.

– Essa cambalhota foi uma cobrança do meu filho desde o jogo contra o Atlético-MG. Vamos jogar contra o Atlético-MG de novo e ainda bem que esse gol saiu. Não sei se vai acabar essa cobrança, porque ele vai inventar outra dancinha para eu fazer. Muito bom. Comemorar com ele em casa que deve estar muito feliz – disse antes de complementar.

– Vou falar a verdade, já estava desistindo da cambalhota. Ele perguntou: 'Pai, a cambalhota não vai sair? Vou pedir outra coisa para ver se sai (risos) o gol'. Que bom que saiu. Vamos esperar para ver o que o Pedrinho vai pedir, para se Deus quiser fazer mais um gol e mais uma comemoração – contou.

Com o resultado, o Flu subiu para a segunda posição na tabela, com 51 pontos. Agora, o Tricolor volta a campo no sábado (1), às 15h, contra o Atlético-MG, no Mineirão.