Salvo pelo VAR, Inter vence Cuiabá e dorme na vice-liderança do Brasileirão

PORTO ALEGRE, RS 10.09.2022 ? INTERNACIONAL ? CUIABÁ - O atacante Alemão, equipe do Internacional, comemora o seu gol, na partida entre Internacional e Cuiabá, válida pela 26 a. rodada do Campeonato Brasileiro 2022, no estádio Beira Rio, em Porto Alegre, neste sábado (10). (Foto: Donaldo Hadlich/Código 19/Folhapress)
PORTO ALEGRE, RS 10.09.2022 ? INTERNACIONAL ? CUIABÁ - O atacante Alemão, equipe do Internacional, comemora o seu gol, na partida entre Internacional e Cuiabá, válida pela 26 a. rodada do Campeonato Brasileiro 2022, no estádio Beira Rio, em Porto Alegre, neste sábado (10). (Foto: Donaldo Hadlich/Código 19/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Na base da insistência, o Inter venceu o Cuiabá por 1 a 0 na tarde deste sábado (10), no Beira-Rio, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Colorado empilhou chances no primeiro tempo em Porto Alegre, mas só conseguiu abrir o placar na etapa final, com gol de Alemão, de cabeça.

No fim do jogo, o Dourado teve um pênalti anulado após checagem do VAR, que flagrou falta em Edenilson na origem do lance.

Com o resultado, o Inter dorme na vice-liderança do Brasileirão, com 46 pontos, mas pode ser ultrapassado amanhã, caso Flamengo ou Corinthians vençam seus compromissos. O Cuiabá segue em 16º, com 26 pontos, mas pode cair para o Z4 até o término da rodada.

Embora não tenha conseguido abrir o placar no primeiro tempo, a equipe gaúcha ditou o ritmo do jogo e criou chances, só que as desperdiçou. Aos 12 minutos, teve duas finalizações na trave no mesmo lance, primeiro com Wanderson e depois com Alemão, mas a arbitragem parou o lance por impedimento.

O segundo tempo começou em ritmo mais lento, mas o Inter foi paciente e conseguiu superar a retranca do Cuiabá aos 22 minutos, em cabeçada de Alemão.

O Cuiabá quase teve uma chance de empatar o jogo com uma cobrança de pênalti aos 48 minutos do segundo tempo. Mas a penalidade máxima foi anulada após checagem do VAR, que flagrou falta em Edenilson na origem da jogada.

Na próxima rodada do Brasileirão, o Inter visita o Atlético-GO, em Goiânia, na segunda (19), às 20h. O Cuiabá, por sua vez, enfrenta o Athletico-PR, em Curitiba, no domingo (18), às 19h.

INTER

Daniel; Bustos, Vitão, Mercado e Renê; Gabriel e Johnny (Edenilson); Maurício (Taison), Alan Patrick (Estevão) e Wanderson (Pedro Henrique); Alemão (Liziero). T.: Mano Menezes

CUIABÁ

João Carlos; Marllon, Joaquim (Camilo) e Alan Empereur; João Lucas, Marcão (Alesson), Pepê, Rafael Gava e Sidcley (Osorio); André Luís (Valdivia) e Deyverson (André). T.: Bernardo Franco (auxiliar de António Oliveira, suspenso)

Estádio: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Horário: 16h30 (de Brasília) deste sábado (10)

Juiz: Maguielson Lima Barbosa (DF)

Auxiliares: Alessandro Rocha Matos (FIFA/BA) e Leila da Cruz (FIFA/DF)

VAR: Rodrigo D'Alonso Ferreira (SC)

Cartões amarelos: Taison (INT); Joaquim, André Luís, Pepê (CUI)

Gol: Alemão (INT), aos 22 minutos do segundo tempo (1-0)