SAF no São Paulo? Julio Casares fala sobre a possibilidade

Casares vê SAF no São Paulo difícil neste momento (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)


Nos últimos meses, vem crescendo o número de clubes brasileiros que fizeram o processo de SAF (Sociedade Anônima do Futebol). O presidente do São Paulo, Julio Casares, falou sobre a possibilidade do clube também entrar nesse grupo, que tem Cruzeiro, Botafogo, entre outros clubes.

ATUAÇÕES: Era para ser dia de Calleri, mas São Paulo tem segundo tempo ruim em empate com o Ceará

VEJA A TABELA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Casares revelou que o Tricolor está realizando estudos para saber a possibilidade e não colocou prazo para ter um definição sobre o tema.

- Pode existir (SAF no São Paulo). Na verdade, hoje o estatuto do São Paulo tem um artigo que diz que se vier uma legislação que permita uma mudança societária, de restruturação, tem que apresentar um estudo. Assim que saiu a lei em setembro, promulgada em outubro do ano passado, eu criei um grupo de estudos e contratei uma consultoria. Eu não vou discutir as SAFs de hoje, elas nascem com várias necessidades ou estratégia, mas o São Paulo de amanhã, se um dia a instituição caminhar para esse lado, que é uma decisão coletiva da instituição, tem um valuation, o valor da marca, técnico. Eu não posso dizer "ah, o São Paulo vale R$ 500 mil, R$ 1 milhão..." Nós temos que ter um estudo técnico para que o São Paulo entre em um campo arejado tecnicamente - disse Casares, em entrevista a programa 'Grande Círculo', do SporTV.

Apesar do estudo, Casares mostrou cautela com a possibilidade de criação da SAF.

- Hoje é uma questão muito inviável no atual quadro e até nem seria inteligente. O São Paulo tem dívidas, está se organizando. Eu não posso vender minhas ações em baixa, posso buscar parceiros quando tiver mais saúde financeira. E essa consultoria vai indicar isso. Se daqui um ano e meio, dois anos, nós tivermos essa composição de um time competitivo, o patrimônio nem preciso dizer... O São Paulo tem uma perspectiva muito boa se continuar fazendo a lição de casa, que é equilibrar um time competitivo, que é caro - finalizou o mandatário.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos