Saída de Willian gerará economia milionária ao Corinthians

O Corinthians não lucrará com a saída de Willian. Ainda assim, o Timão terá uma economia de R$ 10,5 milhões, já que o atleta tinha contrato até o fim do ano que vem.

O meia-atacante abriu mão de pendências que teria direito de receber, mas havia uma cláusula que facilitava a saída do jogador para fora do Brasil.

Com isso, a única vantagem financeira do clube do Parque São Jorge é aliviar a folha salarial com um valor mensal que gira em torno de R$ 1,5 milhão.

Segundo informações obtidas pelo LANCE!, o vencimento de Willian era de R$ 1 milhão/mês. Os outros R$ 500 mil eram referentes a bônus e luvas diluídas. A equipe alvinegra pagava metade do valor, que corresponde a R$ 750 mil mensais. Os outros 50% dos custos eram arcados por uma parceira, a empresa Sócios.com.