São Paulo vence o Ceará e abre seis pontos para a zona do rebaixamento

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O São Paulo venceu o Ceará por 2 a 0 na tarde deste domingo (18), no Castelão, com gols de Calleri e Bustos.

Essa foi a primeira vitória nos últimos cinco jogos do Brasileiro dos comandados de Rogério Ceni. O resultado da um alívio à equipe, que agora está em 13º na tabela, com 34 pontos, seis à frente do primeiro colocado da zona do rebaixamento (Avaí, com 28 pontos).

O São Paulo chegou ao seu gol aos 23 minutos do primeiro tempo, com Calleri. No meio de três defensores, ele conseguiu cabecear após cruzamento de Patrick. No início do mesmo lance, já havia obrigado João Ricardo, goleiro do Ceará, a fazer uma bela defesa.

Pouco tempo depois, aos 39 minutos, a missão da equipe paulista ficou mais fácil, já que o zagueiro Luiz Otávio foi expulso após derrubar Calleri na entrada da área. O árbitro, inclusive, chegou a marcar pênalti, mas, após revisão proposta pelo VAR, voltou atrás e marcou a infração fora da área.

A equipe de Rogério Ceni foi melhor na partida. João Ricardo fez boas defesas em chutes de Pablo Maia. Além disso, Galoppo cabeceou no travessão após escanteio cobrado da direita.

Mas o Ceará também ameaçou, mesmo com um a menos. Aos 16 minutos do segundo tempo, Mendoza cruzou para Vina, que acertou belo chute de primeira e viu a bola passar rente à trave defendida por Felipe Alves.

Depois, conseguiu ficar bastante com a bola, mas sem criar chances claras para o empate, mas a situação dos cearenses ficou ainda pior quando, aos 39 do segundo tempo, o atacante Zé Roberto foi expulso por fazer atingir, sem bola, Diego Costa.

Com dois jogadores a mais, o São Paulo chegou ao seu segundo gol nos acréscimos do segundo tempo. Já aos 48 minutos, Marcos Guilherme acertou belo passe para Igor Gomes, que cruzou de primeira para Bustos só escorar para as redes.

Eliminado na última quarta-feira (14) pelo Flamengo nas semifinais da Copa do Brasil após perder por 1 a 0 no Maracanã, o São Paulo agora concentra suas forças no Brasileiro e na Sul-Americana, competição da qual é finalista. A decisão, contra o Independiente del Valle (EQU) acontece no dia 1º de outubro, em Córdoba, na Argentina.

A equipe volta a campo no próximo domingo (25), quando recebe o Avaí, às 20h, pela 28ª rodada do Brasileiro.

CEARÁ

João Ricardo; Nino Paraíba (Jhon Vásquez), Luiz Otávio, Messias e Victor Luís (Diego Rigonato); Richard, Richardson (Gabriel Lacerda) e Lima; Vina (Guilherme Castilho), Mendoza e Jô. Técnico: Lucho González

SÃO PAULO

Felipe Alves; Rafinha (Igor Vinicius), Diego Costa, Léo e Welington; Pablo Maia, Rodrigo Nestor (Galoppo), Patrick (Igor Gomes) e Alisson (Marcos Guilherme); Luciano (Nahuel Bustos) e Calleri. Técnico: Rogério Ceni

Estádio: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)

Árbitro: Maguielson Lima Barbosa (DF)

Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Leila Naiara Moreira da Cruz (DF)

VAR: Adriano Milczvski

Amarelos: Rodrigo Nestor e Luciano (SÃO); Rodrigo Nestor; Richard Costa, João Ricardo, Jô, Nino Paraíba e Gabriel Lacerda (CEA)

Vermelho: Luiz Otávio e Zé Roberto (CEA)

Gols: Calleri (SÃO), aos 24'/1ºT; Nahuel Bustos (SÃO), aos 47'/2ºT