São Paulo terá muitos desfalques contra o Atlético-MG por conta de suspensões

São Paulo também enfrenta problemas com os lesionados (Foto: Rubens Chiri/Saopaulofc.net)


O São Paulo terá cinco jogadores suspensos na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Atlético-MG. Estes atletas já estavam pendurados e tomaram mais um cartão neste domingo (3), na vitória contra o Atlético-GO.

Galeria
> ATUAÇÕES: Luciano faz dois e é o destaque da vitória do São Paulo sobre o Atlético-GO

Tabela
> Veja tabela do Campeonato Brasileiro e simule os próximos jogos

Diego Costa, Léo, Rodrigo Nestor, Gabriel Neves e Luciano não estarão a disposição de Ceni no próximo jogo do Brasileirão. Os jogadores já estavam pendurados contra o Dragão, porém, receberam o terceiro cartão e terão que cumprir suspensão.

Isso abre margem para um problema maior para o treinador: ter que lidar com uma equipe complicada, fora de casa e com mais de dez desfalques.

Na partida deste domingo (3), o Tricolor paulista não contou com nove nomes por conta de lesões - além de Rafinha, que estava gripado e não viajou para Goiás. Com os avanços no tratamento de Nikão e Talles, há chances de um retorno dos atletas para enfrentar o Galo, mas ainda sem certezas.

Com os machucados e os suspensos, o que mais preocupa é o setor defensivo da equipe. Com Arboleda em recuperação de cirurgia, Diego Costa e Léo, junto a Miranda, eram as principais opções de Ceni para o seu sistema de três zagueiros, comumente adotado.

Sem o equatoriano e com as crias de Cotia suspensas, o treinador conta somente com Miranda, Beraldo e Luizão - porém, é importante frisar que os dois últimos subiram para o profissional recentemente e ainda têm poucos minutos em campo.

Outro problema que surge será no ataque. Luciano também ficará de fora. Não que o problema seja a falta de opção para dialogar com Calleri no setor ofensivo, uma vez que Patrick surge como uma possibilidade devido ao seu bom momento. Porém, o camisa 11 voltou a fazer bons jogos recentemente - após um jejum de quase dois meses. O atacante marcou gols nos últimos dois confrontos do São Paulo - sendo, inclusive, o responsável pela vitória deste domingo (3).

Rogério Ceni destacou deve optar por utilizar os atletas mais novos da equipe devido ao elenco mais curto. Contra a Universidad Católica, na próxima quinta-feira (7), os desfalques também serão problemas, já que três atletas foram expulsos no jogo de ida válido pelas oitavas de final da Sul-Americana.

- A transição de alguns jogadores, mas acho que nenhum pronto pra jogo. Vamos com os garotos, já puxamos muita gente, não tem tanta gente pronta, são jogadores pra se trabalhar mais um ano pra vir pra equipe profissional. Temos jogadores experientes, eles vão colaborar pra gente armar bem a equipe. Contamos muito com o apoio do torcedor, ele é fundamental no Morumbi. É fundamental pro um elenco que é curto. O elenco não é curto, mas que ficou. Não é comum quatro cirurgias, quatro lesões no tornozelo no mesmo semestre - disse durante a coletiva de imprensa após o jogo contra o Atlético-GO.

Ainda assim, há alguns atletas em situação perigosa por conta de advertências. No caso, André Anderson, Eder, Pablo Maia, Patrick e Reinaldo e Calleri ainda estão pendurados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos