São Paulo supera 'trauma' do 2º tempo, vence o América-MG e encosta nos líderes do Brasileirão


O São Paulo voltou a vencer no Campeonato Brasileiro ao bater o América-MG por 1 a 0, gol de Patrick, no Estádio do Morumbi, pela 11ª rodada da competição. O resultado levou o Tricolor novamente ao G4, na terceira posição - provisoriamente - com 18 pontos.

O time comandado por Rogério Ceni, que vinha de quatro empates seguidos, todos eles sofrendo o gol de empate no segundo tempo, enfim, não foi surpreendido pelo adversário. De quebra, ainda manteve o tabu de nunca ser derrotado pelo Coelho em casa.

GALERIA
> ATUAÇÕES: Mesmo com pressão, Jandrei salva e Patrick garante vitória do São Paulo


TABELA
> Veja a tabela do Campeonato Brasileiro

São Paulo x América-MG - Patrick
São Paulo x América-MG - Patrick

Patrick fez o gol da vitória do Tricolor (Foto: Divulgação/São Paulo)

Primeiro tempo

O América iniciou a partida muito à vontade. A agressividade que o time mineiro demonstrou logo nos primeiros minutos só não se transformou em bola na rede por falta de sorte - ou pontaria. Só Aloísio assustou o goleiro Jandrei em duas oportunidades. A primeira, em cabeceio e, depois, em bola desviada na área.

Everaldo seguiu os passos do companheiro e também levou perigo duas vezes. O goleiro tricolor defendeu a primeira, e a segunda acertou a trave. No decorrer do jogo, os visitantes tiveram uma queda no rendimento, mas seguiam com mais chances de chegar ao gol primeiro.

O São Paulo, acuado e com erros no meio-campo, não parecia reagir. Pablo Maia na defesa ao lado de Léo e Miranda, também parecia não se encontrar na função. Aos 28 minutos, Luan deixou o gramado com dores na coxa esquerda e deu lugar a Patrick.

Gol tricolor

O meio-campista precisou de apenas cinco minutos em campo para colocar o Tricolor na frente do placar. Gabriel Neves roubou a bola e deixou com Rodrigo Nestor, que acionou Igor Vinicius. Após o cruzamento, o camisa 88 cabeceou para fazer 1 a 0 para o São Paulo.

Segundo tempo

Na etapa complementar, Rogério Ceni sacou Gabriel Neves e colocou Rigoni. No setor ofensivo, Luciano não conseguia desenvolver um bom futebol, e praticamente era peça nula na frente. Aos 19 minutos, Patrick quase marcou o segundo ao finalizar rasteiro.

O São Paulo até teve uma melhora de rendimento no segundo tempo, mas não foi suficiente para encher os olhos dos torcedores. O jogo ficou morno e na melhor chance, aos 37 minutos, após cruzamento de Patrick, Calleri cabeceou com perigo e quase ampliou.

O América até esboçou uma reação nos minutos finais, mas não foi suficiente para estufar a rede e, com isso, o Tricolor deu números finais ao duelo e voltou a vencer no campeonato.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 0 AMÉRICA-MG

Local: Estádio do Morumbi, São Paulo (SP)
Data e hora: 12 de junho de 2022, às 16h00
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF) [FIFA]
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Júnior (DF)
Árbitro de vídeo: Rafael Traci (SC)
Público/renda: 26.847 torcedores / R$ 1.098.878,00
Cartões amarelos: Rodrigo Nestor e Miranda (SPFC) e Henrique Almeida (AME)
Gol: Patrick (28'/1ºT)

SÃO PAULO: Jandrei; Igor Vinícius (Andrés Colorado, 32'/2°T), Miranda, Léo, Reinaldo (Welington, 31'/2ºT); Luan (Patrick, 28'/1ºT), Pablo Maia, Gabriel Neves (Rigoni, intervalo), Rodrigo Nestor; Luciano (Rafinha, 17'/2°T) e Calleri. Técnico: Rogério Ceni.

AMÉRICA-MG: Jailson; Patric, Conti, Eder, Marlon (Danilo Avelar, 35'/2ºT); Lucas Kal (Lucas Kal, 19'/2°T), Juninho, Alê; Felipe Azevedo (Arthur, 36'/2ºT), Aloísio e Everaldo (Everaldo, 19'/2ºT). Técnico: Vagner Mancini.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos