São Paulo só perdeu pênaltis no ano sem Reinaldo cobrando

Calleri ficou responsável pela cobrança e perdeu (Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC)


De fato, a ausência de Reinaldo é sentida principalmente quando um assunto em específico chega ao São Paulo: cobranças de pênaltis. Nesta temporada, de todos os 17 pênaltis cobrados pelo Tricolor paulista, a equipe só falhou na conversão quando outro jogador ficou responsável.

Galeria
> ATUAÇÕES: Mesmo com meio de campo apagado, Nikão salva a noite do São Paulo; veja notas

Tabela
> Veja tabela do Campeonato Brasileiro

Neste ano, o camisa 6 ficou encarregado de seis cobranças. Todas elas cumpridas com êxito. Batedor oficial do clube, desde quando começou a atuar pela equipe, foram 24 penalidades. Destas, somente uma falha - no Campeonato Brasileiro de 2019, em um empate por 1 a 1 com o Goiás.

Desde então, nunca mais. Todas as suas conversões foram exercidas com maestria. Porém, na sua ausência, o aproveitamento do Tricolor quanto a pênaltis chama atenção.

Recentemente, Reinaldo ficou afastado por algumas partidas por conta de uma lesão na virilha. E neste período de sua ausência, o São Paulo rompeu uma marca que segurava desde 2019.

De acordo com informações divulgadas 'Anotações Tricolores', mesmo contando disputas por pênaltis, o São Paulo não perdia dois seguidos desde o período de 26/11/2018 a 03/02/2019.

O primeiro foi uma falha Nenê, em um empate com o Sport, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2018. O segundo, seguido, ficou na culpa de Jonathan Gómez, quando o goleiro do São Bento defendeu em uma partida pelo Campeonato Paulista. Porém, o Tricolor saiu com vitória por 1 a 0.

Esta marca foi quebrada nesta quarta-feira (3), na vitória do São Paulo por 1 a 0 contra o Ceará, pelo primeiro jogo válido pelas quartas de final da Copa Sul-Americana.

E por incrível que pareça, as duas falhas seguidas em cobranças de pênaltis ficaram na responsabilidade de dois dos maiores nomes do elenco de Rogério Ceni: Luciano e Calleri.

Luciano perdeu a oportunidade no dia 23 de julho, no empate por 3 a 3 com o Goiás, pelo Campeonato Brasileiro.

Já a falha de Calleri veio contra o Ceará, pelo continental - que impediu que o São Paulo saísse da partida com uma vantagem maior e já garantisse mais segurança para enfrentar o adversário na Arena Castelão, na partida de volta.

Além destes erros, o Tricolor falhou mais duas vezes em pênaltis nesse ano - totalizando somente os registrados em tempo normal.

No caso, um convertido por Nikão, no dia 13 de março, contra o Botafogo-SP, pelo Campeonato Paulista, e o outro novamente por Calleri, contra o Avaí, no dia 4 de junho, pelo Brasileiro.

De acordo com levantamentos realizados pelo LANCE!, nesta temporada, quando o encarregado pela penalidade foi Reinaldo, a taxa de sucesso foi completa. Porém, quando ficou nos pés de outros nomes, foi totalizado cerca de um acerto em cada quatro tentativas.

Diante destes números, a situação de um atleta em específico atraí uma atenção maior: Calleri.

Calleri carrega um tabu com pênaltis?

Durante o confronto desta quarta-feira (4), após o erro do camisa 9, alguns torcedores questionaram nas redes sociais se realmente o argentino era o mais indicado para bater.

Como dito anteriormente, neste ano foram duas falhas, em um intervalo de tempo curto. E o que chama mais atenção é o fato do atleta carregar o posto de artilheiro da equipe, com 19 gols marcados, e ter sido responsável por metade dos erros do Tricolor na temporada.

Inclusive, alguns são-paulinos debateram se o mais indicado para ter essa responsabilidade não seria Galoppo - uma vez que o reforço era o batedor oficial do Banfield.

O compatriota de Calleri, inclusive, chegou a demonstrar apoio ao atleta durante a zona mista pós jogo.

- Não, (Calleri) recebe o apoio. Um pênalti pode ser perdido por qualquer um, qualquer um que batesse e errasse receberia apoio e, bom, não há problema porque é um pênalti e o grupo todo vai estar apoiando - disse.

Segundo dados do 'TruMedia' - confirmados pelo L! - todas às vezes que Calleri errou uma cobrança de pênalti, em toda a sua carreira, foi vestindo a camisa do São Paulo.

Ao todo, foram 16 penalidades marcadas em tempo normal somando todos os clubes que atuou. No São Paulo, foram oito. Destas oito, acertou somente metade. No caso, converteu com êxito contra o Trujillanos, Santos, Palmeiras e Cuiabá - sendo os três últimos nesta temporada.

Confira todos os pênaltis do São Paulo convertidos com êxito nesta temporada

28/02/2022 - Água Santa - Campeonato Paulista - Reinaldo
13/02/2022 - Mirassol - Campeonato Paulista - Reinaldo
30/03/2022 - Palmeiras - Campeonato Paulista - Calleri
07/04/2022 - Ayacucho - Copa Sul-Americana - Luciano
20/04/2022 - Juventude - Copa do Brasil - Reinaldo
28/04/2022 - Jorge Wilstermann - Copa Sul-Americana - Reinaldo
02/05/2022 - Santos - Campeonato Brasileiro - Luciano
15/05/2022 - Cuiabá - Campeonato Brasileiro - Calleri
04/06/2022 - Avaí - Campeonato Brasileiro - Reinaldo
30/06/2022 - Universidad Católica - Copa Sul-Americana - Reinaldo
03/05/2022 - Atlético-GO - Campeonato Brasileiro - Luciano
07/07/2022 - Universidad Católica - Copa Sul-Americana - Eder
14/07/2022 - Palmeiras - Copa do Brasil - Luciano

Confira todos os pênaltis perdidos pelo São Paulo (em tempo normal de jogo) na temporada

19/03/2022 - Botafogo-SP - Campeonato Paulista - Nikão
04/06/2022 - Avaí - Campeonato Brasileiro - Calleri
23/07/2022 - Goiás - Campeonato Brasileiro - Luciano
03/08/2022 - Ceará - Copa Sul-Americana - Calleri

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos