São Paulo não desiste de John e deve fazer nova proposta ao Santos

Goleiro John está na mira do São Paulo (Foto: Ivan Storti/Santos FC)


O São Paulo não desistiu da contratação do goleiro John, do Santos. A primeira oferta do Tricolor foi de 4 milhões de reais por 70% dos direitos econômicos. Ela, porém, foi considerada baixa para o seu valor de mercado e foi recusada prontamente. Agora, uma nova investida deve ser feita ainda nesta semana.

A equipe de Rogério Ceni conta com a vontade do jogador para facilitar a negociação. John, por sua vez, não quer forçar a situação por respeito ao Peixe, mas vê o momento ideal para sair. João Paulo se consolidou, ganhou a confiança dos torcedores e hoje é o capitão do elenco santista. Assim, John busca mais oportunidades.

A diretoria do peixe, porém, gostaria de manter o goleiro pelo menos até o final do ano. Newton Drummond, na Rádio Bandeirantes, falou sobre a situação.

- A ideia é não negociar, mas temos que pensar muito bem. Se a negociação for boa, tem que ser feita, mas nesse momento não. John é importante, um reserva imediato e entendemos que não temos a necessidade de negociar. Se a proposta satisfazer o Santos, podemos negociar. Mas hoje, dentro do que entendemos que é possível chegar de algum clube, queremos contar com o John pelo menos até o fim da temporada - disse.

Em agosto de 2021, John renovou o contrato com o Santos até o fim de dezembro de 2024. Ele recebeu, recentemente, sondagens do futebol português e espanhol. As propostas, porém, em empréstimos gratuitos, não agradaram à diretoria santista.

A última participação do goleiro foi no clássico contra o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro. Na ocasião, João Paulo estava suspenso. Em outro jogo, contra a Universidad de Quito, no Equador, pela Copa Sul-Americana, também foi titular. Ele não sofreu jogos em nenhum dos dois jogos. Ao todo, são 29 jogos no profissional.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos