São Paulo homenageia o ex-pugilista tricolor Éder Jofre, lenda do esporte brasileiro

Éder Jofre era torcedor do São Paulo e chegou a atuar pelo clube (Divulgação/São Paulo FC)


Aos 86 anos, o ex-pugilista Éder Jofre faleceu devido a complicações de uma pneumonia. Ele estava internado em um hospital localizado em Embu das Artes, município de São Paulo. Tricolor assumido, a morte do lendário boxeador fez o São Paulo Futebol Clube lamentar a perda e homenageá-lo nas redes sociais.

+ Relembre todas as derrotas do São Paulo em finais continentais

Nos perfis das plataformas Twitter e Instagram, o Soberano lamentou a morte do ex-pugilista, que defendeu as cores do Tricolor enquanto boxeador amador.

- O São Paulo Futebol Clube, com imensa tristeza, lamenta o falecimento do campeão Eder Jofre na madrugada deste domingo, 2 de outubro, em Embu das Artes (SP), em decorrência de pneumonia - comentou o clube.

O Tricolor ressaltou a importância do ex-pugilista para o esporte brasileiro. Éder Jofre foi o primeiro atleta do país a se sagrar tricampeão mundial de boxe e a obter o cinturão dos peso galo e pena.

Apelidado como "Galo de Ouro", a lenda do boxe venceu 72 lutas, sendo 50 por nocautes, além quatro empates técnicos e somente duas derrotas.

Além da carreira esportiva, o São Paulo destacou a atuação na vida pública de Éder Jofre. Depois de aposentado, ele se dedicou a política na cidade de São Paulo..

Éder Jofre nasceu em 1936 na capital de São Paulo. O ex-pugilista deixa dois filhos, Marcel e Andrea. Recentemente, Éder estava com a saúde debilitada por conta de encefalopatia traumática crônica (doença neurológica provocada por impacto na cabeça).