São Paulo é o quarto time com menos vitórias no Brasileirão e 'flerta' com zona de rebaixamento

São Paulo tem uma baixa diferença na tabela de clubes localizados na zona de rebaixamento (Foto: Rubens Chiri/Saopaulofc.net)


Com a derrota do São Paulo para o Fortaleza por 1 a 0, o Tricolor paulista se colocou em uma situação mais complicada ainda no Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a equipe cearense - que ficou por diversas rodadas da competição na lanterna - ultrapassou o clube do Morumbi e agora soma 30 pontos.

Galeria
> ATUAÇÕES: Ataque do São Paulo cria chances, mas para em Fernando Miguel

Tabela
> Veja tabela do Campeonato Brasileiro e simule os próximos jogos

Enquanto isso, o São Paulo segue com 29 pontos, na 13ª colocação. Mas o que gera mais preocupação são algumas estatísticas e a proximidade com times que estão na zona de rebaixamento.

No Brasileirão, até o momento, o Tricolor contou com seis vitórias, onze empates e sete derrotas. De todas as vinte equipes que disputam o torneio de pontos corridos - conforme dados levantados pelo FootStats - o elenco de Ceni está entre as com menos vitórias no campeonato.

O time só está atrás de três elencos. No caso, Juventude (3), Atlético-Go (5) e Ceará (5). Destes, somente o Ceará não se encontra no Z4. Outro ponto que chama atenção é a quantidade de gols sofridos.

No duelo com o Fortaleza, foi mais ofensivo e pressionou bem o adversário. Porém, mesmo assim, não conseguiu aproveitar nenhuma oportunidade. Já o Leão do Pici, em uma das poucas chances que encontrou, abriu o placar e saiu com vitória.

Das 24 rodadas do Brasileirão disputadas até o momento, o São Paulo só não foi vazado em cinco. Desde a volta de Jandrei, pela Copa do Brasil contra o América-MG, o Tricolor paulista marcou três gols e sofreu sete.

Durante a coletiva de imprensa pós jogo, Rogério Ceni destacou que mesmo que a equipe venha de três derrotas consecutivas, o maior problema não é o setor defensivo, mas sim as oportunidades que as equipes adversárias encontram.

– A gente finaliza muito no gol adversário, os times não finalizam tanto. O Flamengo finalizou quatro, o Fortaleza só uma no nosso gol. O duro é se o nosso goleiro fosse sempre o melhor em campo fazendo oito defesas, era preocupante dando muitas chances ao adversário - disse.

Em meio a esta situação, a corda está ficando cada vez mais apertada no pescoço do time. Vivo em três competições, mesmo que conversas referentes à 'prioridades' tenham sido negadas, isso foi evidente.

Com o resultado negativo contra o Flamengo no primeiro encontro válido pela semifinal na Copa do Brasil, a situação no Campeonato Brasileiro passou a ser mais percebida.

Dos últimos dez jogos no campeonato, o Tricolor saiu com somente duas vitórias - sendo estes contra o Atlético-GO e o Red Bull Bragantino. Com este retrospecto, o clube passou a flertar com equipes localizadas na zona de rebaixamento.

Atualmente, está somente a quatro pontos do 17º colocado, o Cuiabá. Caso siga nesta tendência, há chances reais de passar por um sufoco parecido com o vivido na temporada passada, onde chegou perto de ser rebaixado pela primeira vez em toda a sua história.

Entretanto, os olhares agora se voltam para a Copa Sul-Americana. Na próxima quinta-feira (1), às 21h30, o São Paulo encontra o Atlético-GO em casa pelo primeiro jogo válido nas semifinais do continental.