Ruud vira contra Cilic e encara ídolo Nadal na final em Roland Garros

Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O norueguês Casper Ruud, 8º da ATP, conquistou uma bela virada sobre o croata Marin Cilic, 23º, e está na grande final de Roland Garros, onde encara seu ídolo, Rafael Nadal. Ruud é o 1º norueguês na final de um Grand Slam.

Em um jogo que foi marcado pela invasão da quadra por parte de uma ativista ambiental, Ruud precisou de 2h55 para fechar o placar em 3/6 6/4 6/2 6/2 tendo convertido 16 aces contra 10 de Cilic, que cometeu as 2 duplas faltas do jogo e 56 erros não-forçados contra 21 do norueguês, que disparou 41 bolas vencedoras contra 51 do croata.

Na mesma semana em que a compatriota Ulrikke Eikeri foi a primeira norueguesa a disputar a final de um torneio do Grand Slam, Ruud tornou-se o primeiro norueguês entre homens e mulheres a disputar uma final em simples. Nela, ele encara seu ídolo de infância, o espanhol Rafael Nadal, que viu o alemão Alexander Zverev cair em quadra e ser obrigado a abandonar o jogo com placar de 7/6 (8) 6/6.

Nadal e Ruud nunca se enfrentaram no circuito profissional, mas se conhecem muito bem, pois o norueguês tem realizado temporadas de treinamento na academia do espanhol.

O jogo
Buscando tornar-se o 5º homem em atividade no tênis a fazer final nos 4 torneios do Grand Slam, Cilic teve um bom início de jogo, e no 7º game conquistou a quebra, que desestabilizou um pouco o norueguês, que com erros voltou a ser quebrado no 9º game.

Na segunda etapa, Ruud passou a tentar jogar menos perto da rede, acelerou mais a bola com forehand e teve um melhor trabalho com backhand, que falou muito no set anterior, assim conquistou quebra no 3º game, abriu 3/1 e passou a jogar ainda melhor, fechando a parcial salvando 3 breakpoints.

No set seguinte, Ruud entrou muito firme na devolução, contou com erros do croata e abriu 4/0 com quebras no 1º e 3º games, vendo a partida ser interrompida após uma invasão de quadra para um protesto. Cerca de 12 minutos depois da parada, O jogo voltou, Cilic passou a encaixar melhor seu saque, mas não pressionou Ruud.

No 4º set, Ruud voltou a abrir uma parcial com quebra, desta vez em erro no forehand do rival, que o viu abrir 2/0 e tentando retornar à partida, cometeu novos erros e foi quebrado no 5º game, vendo o norueguês administrar a vantagem em 5/1 no placar.​

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos