Presidente do Santos, Rueda exalta Soteldo e não vê riscos para administrar fora do campo

Soteldo chegou ao Santos no sábado, e pode estrear contra o São Paulo na próxima rodada (Divulgação/Santos)


A contratação do meia-atacante venezuelano Yeferson Soteldo por empréstimo do Tigres, do México, viralizou nas redes sociais. Com vídeos criativos, os torcedores do Peixe ficaram entusiasmados com o retorno do jogador.

Mas, internamente, Soteldo não foi unanimidade no clube. Em fevereiro, o presidente Andres Rueda, em participação ao Santoscast, chegou a dizer não tinha interesse em trazer o jogador de volta para Vila Belmiro por questões “comportamentais”.

- Agora que o Soteldo já tem time, eu me sinto até mais confortável de falar. O pessoal conhece a parte de fora, não a parte de dentro. O CG não entra no mérito esportivo, mas comportamental. Eu, pessoalmente, não queria o Soteldo no Santos, não importa o porquê. Não acho que o perfil dele… É mais do que o drible e o que faz em campo e precisa ser analisado - disse Rueda.

Mas a situação mudou de figura. O cartola santista viu a contratação de Soteldo como uma grande oportunidade. O venezuelano é considerado o grande reforço da gestão do presidente Andres Rueda. Ele chega para assumir a camisa 10, deixada por Ricardo Goulart recentemente.

Uma das polêmicas aconteceu próximo de deixar o Alvinegro. O jogador ganhou uma folga da diretoria após um confronto na Venezuela. O jogador, porém, alegou dificuldade de voos pela pandemia do coronavírus e só chegou no Brasil duas semanas depois.

Em outubro de 2020, Soteldo viveu uma polêmica com o meia-atacante Ivonei, à época, no Peixe. O Santos aplicou uma punição administrativa em ambos por atrasarem na reapresentação em Goiânia. O técnico santista na oportunidade era Cuca.

O atraso ocorreu no dia em que o Santos chegou em Goiânia, onde venceu o Goiás por 3 a 2. O elenco foi liberado pela comissão técnica e os dois atletas se atrasaram na reapresentação. Ivonei, porém, conta uma versão um pouco diferente.

Rueda, porém, vê essas situações como “natural” pela idade e acredita que seja possível administrar os problemas extracampo. Soteldo chegará ao Brasil no sábado, por volta das 6h (manhã), no Aeroporto de Guarulhos.

- Até pela questão da idade. Eu brinquei, trouxe (problemas) como qualquer moleque naquela idade traz problemas. Mas não é nada que não seja impossível de administrar. Ele é um excelente jogador, identificado com o Santos e a torcida, e estou muito contente dele estar voltando.

O meia-atacante chegou ao País na manhã deste sábado, e foi recepcionado com muita festa pela torcida no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos.