Rogério Ceni romperá marca de Fernando Diniz em clássico do São Paulo contra o Corinthians


Em clássico contra o Corinthians, neste domingo (11), Rogério Ceni se prepara para ultrapassar mais uma marca. No Majestoso válido pelo Campeonato Brasileiro, o treinador e ídolo do São Paulo alcançará 75 jogos sob o comando da equipe.

Galeria
> Quem é melhor: São Paulo ou Corinthians? Confira votação jogador por jogador feita pela redação do LANCE!

Tabela
> Veja tabela do Campeonato Brasileiro e simule os próximos jogos

De acordo com informações reveladas pelo historiador Michael Serra, Ceni superará Fernando Diniz - que comandou 74 confrontos do clube. Assim, se torna o treinador com o maior número de jogos em uma passagem desde Muricy Ramalho, que entre 2013 e 2015, comandou 109 duelos.

Neste século, apenas Muricy - com 251 jogos na passagem de 2006 a 2009 - e Ney Franco - na passagem de 2012 com 79 jogos - superam Rogério Ceni. O atual treinador assumiu o posto em outubro do último ano, após a saída de Hernán Crespo.

Na última semana, cravou a vaga do Tricolor paulista na final da Copa Sul-Americana. Sua equipe eliminou o Atlético-GO após uma disputa de pênaltis no estádio do Morumbi. Agora, no dia primeiro de outubro, se prepara para disputar a final e buscar seu primeiro título como técnico. Dividido o ‘top 3’ com Muricy e Ney Franco, Ceni ainda é o único entre estes nomes que ainda não conquistou títulos.

Contra o Corinthians, neste domingo (11), tem como maior foco reerguer a moral da equipe na competição. Sem vencer há três jogos no torneio, soma 30 pontos na tabela. Seu rival já conta com 43, estando entre os primeiros colocados.

Mas o cenário - considerando retrospectos - é favorável. O Corinthians não vence no estádio do Morumbi há cinco anos. Neste período, já foram dez clássicos disputados, sendo três empates e sete vitórias para o Tricolor.

O clube alvinegro também não vence o adversário desde 2020 - considerando jogos fora do Morumbi. No primeiro turno do atual Brasileirão, o encontro das equipes ficou no empate em 1 a 1 na casa corintiana, em Itaquera.