Rizek comenta sobre violência nos estádios brasileiros e fala em 'despreparo' das autoridades públicas

Rizek não concordou com as recentes ações policiais no futebol brasileiro - Foto: Reprodução / Sportv


Através do Twitter, o apresentador do 'Seleção Sportv', André Rizek, manifestou sua opinião sobre os últimos dois casos de violência no futebol brasileiro. O jornalista apontou o policiamento nos estádios como os responsáveis pelos incidentes.

+ Vasco por detalhes de anunciar Alex Teixeira, Chelsea se aproxima de Koulibaly… O Dia do Mercado!

- Quem já frequentou arquibancada sabe o quanto a polícia no Brasil é, também, responsável pela violência que deveria combater. Só ontem, vimos enorme despreparo em Santos e no Mineirão, contra torcedores do Corinthians e do Fluminense. Os clubes se manifestaram, cobertos de razão - afirmou Rizek.

O comunicador se refere aos dois episódios de violência envolvendo torcedores e policiais, nos duelos de volta das oitavas de finais da Copa do Brasil.

Antes da bola rolar no campo do Mineirão, para a partida entre Cruzeiro e Fluminense, do lado de fora do estádio, aconteceu uma confusão entre mineiros e cariocas. O embate se estendeu para as arquibancadas e cruzeirenses e tricolores voltaram protagonizaram mais cenas lamentáveis. O policiamento teve que intervir.

Ao longo da partida, muitas provocações e uma constante sensação de que algum confronto poderia voltar a acontecer. O patrulhamento foi reforçado no setor. Um torcedor chegou a ser levado para fora do setor visitante no intervalo.

+ Torcidas de Fluminense e Cruzeiro entram em conflito no Mineirão antes de jogo da Copa do Brasil

Na madrugada desta quarta-feira (13), a torcida do Corinthians foi isolada do ônibus que trazia os jogadores para um hotel em Santos. Local onde a delegação passará a noite antes da partida de volta das oitavas da Copa do Brasil, contra o Peixe.

A barreira policial colocada na entrada da rua em que o Corinthians chegou, impossibilitando que a Fiel chegasse perto do elenco alvinegro.

+ Corinthians chega a Santos com forte repressão policial contra torcedores e delegação isolada

Por conta da repressão dos agentes ao seus torcedores, o Corinthians emitiu uma nota lamentando o procedimento adotado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos