Rivaldo alega ter sofrido golpe milionário de ex-funcionária

Rivaldo foi à Justiça alegando ter sofrido um golpe de R$ 2,5 milhões. Foto: Matt King/Getty Images for FIFA
Rivaldo foi à Justiça alegando ter sofrido um golpe de R$ 2,5 milhões. Foto: Matt King/Getty Images for FIFA

Reportagem do portal UOL Esporte assinada pelo jornalista Diego Garcia informou que o pentacampeão Rivaldo foi à Justiça alegando ter sofrido um golpe de R$ 2,5 milhões que teria sido aplicado por um ex-secretária.

Na acusação feita pelo ex-jogador, ele disse que a agora ex-funcionária tinha sido contratada para representa-lo no Brasil e no período da parceria ela teria feito muitas movimentações bancárias sem sua autorização.

Leia também:

Um dos craques na conquista do Brasil em 2002, na Copa do Mundo disputada no Japão e Coreia do Sul, Rivaldo desconfiou do golpe quando percebeu que a mulher tentou descontar um cheque de R$ 32 mil em seu nome tentando quitar dívidas pessoais dela e do esposo.

Ainda segundo o jornalista do UOL, um funcionário do Banco do Brasil teria procurado Rivaldo para alertá-lo sobre a movimentação. Foi quando o ex-jogador começou a acompanhar a situação e conseguiu obter provas e descobriu vários casos de desvio feitos pela mulher.

Além dessa movimentação para quitar dívidas, o dinheiro teria sido usado para compras de itens pessoais como acessórios, calçados, lingerie, além de pagar contas do dia a dia como condomínio, seguro, entre outros.

Rivaldo afirma que quase R$ 2,5 milhões foram desviados entre 2018 e 2021. Nesse período a mulher e o esposo aumentaram seu patrimônio, comprando até um imóvel no valor de R$ 550 mil.

Pelo serviço prestado, Rivaldo remunerava a secretária através de um salário de R$ 3 mil mensais. O valor está sendo usado para que a investigada prove como conseguiu dinheiro para a compra da casa.

A acusada foi procurada pelo jornalista que assina a reportagem, mas não obteve retorno das ligações e mensagens enviadas. O nome dela é mantido em sigilo, por questões legais.