Risco de ficar fora da Copa do Mundo leva Pogba a não fazer cirurgia no joelho

Perder a Copa do Mundo com os 'Bleus' está fora de questão: Paul Pogba, lesionado no joelho direito, ficará afastado dos gramados até meados de setembro, mas vai evitar uma cirurgia que poderia fazê-lo perder a maior competição do futebol no final do ano, no Catar.

O campeão mundial, de 29 anos, que faz parte da seleção francesa de Didier Deschamps, passará por uma "terapia conservadora durante cinco semanas", disse à AFP um porta-voz da Juventus nesta terça-feira, clube para o qual Pogba voltou neste verão após seis anos no Manchester United.

"Paul será submetido a um tratamento que lhe permitirá voltar a campo em breve com a Juventus e disputar a Copa do Mundo", destacou também à noite a comitiva de sua agente, Rafaela Pimenta.

O jogador se machucou em um treino há dez dias, durante a turnê dos 'bianconeri' pelos Estados Unidos.

Vítima de uma "lesão no menisco lateral" do joelho direito, Pogba ouviu a opinião de vários especialistas sobre os possíveis tratamentos e em particular sobre a necessidade ou não de uma cirurgia.

Ele também se encontrou nesta terça-feira em Lyon com um renomado especialista, que recentemente operou o astro Zlatan Ibrahimovic.

Dependendo da natureza da cirurgia, meniscectomia (remoção da parte lesionada do menisco) ou sutura, a duração de sua indisponibilidade poderia ter variado de dois e quatro meses aproximadamente, comprometendo sua participação na Copa do Mundo do Catar-2022 (que será disputada de 21 de novembro a 18 de dezembro).

A "terapia conservadora" que acabou sendo escolhida pelo jogador e seu clube consiste em fazer um tratamento sem recorrer a uma operação.

Ela incluirá, segundo o jornal italiano La Gazzetta dello Sport, "três semanas entre academia, piscina e fisioterapeuta, e as duas últimas em campo para realizar um trabalho atlético diferenciado”.

O prazo divulgado pela Juve permite que Pogba volte a campo a partir de meados de setembro. Mas sem anular todas as preocupações sobre o estado do joelho do astro francês.

Didier Deschamps poderá ter a oportunidade de fazer uma avaliação do jogador durante os próximos jogos dos Bleus, contra a Áustria em 22 de setembro e a Dinamarca em 25 de setembro na Liga das Nações, o último jogo oficial antes da Copa do Mundo.

Pogba (91 partidas pela França com 11 gols marcados) não joga pela seleção bicampeã mundial desde um amistoso contra a África do Sul (5-0) no dia 29 de março.

alu/dep/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos