Richarlison presta apoio a Vini Jr e diz que foi atrás do agente que ofendeu o jogador: 'Chamei de m...'

Richarlison sai em defesa de Vini Jr. (ADRIAN DENNIS / AFP)


Após a goleada do Tottenham sobre o Leicester por 6 a 2 pela Premier League, o atacante brasileiro Richarlison falou sobre o caso de racismo contra Vinícius Jr., do Real Madrid, que aconteceu nesta semana. O atacante disse à "ESPN" que foi atrás do presidente da Associação de Agentes Espanhóis, Pedro Bravo - que usou termo racista para criticar as danças de Vini - depois do ocorrido.


- Situação chata. Até mandei mensagem para aquele cara que falou besteira no programa. Que ele (Vini) possa se divertir em campo, vou torcer para ele fazer um gol amanhã. Chamei ele (empresário) de m***. Que possa resolver o mais rápido possível e não possa passar batido.

+ Brasileiro é indicado ao Golden Boy: veja os candidatos ao prêmio

Outro jogador que também falou sobre o assunto junto com Richarlison foi o lateral Emerson Royal. O jogador do Tottenham também se lembrou do cartão que Neymar sofreu ao comemorar um gol em um jogo recente do PSG.

- Está cada vez mais chato. Neymar tomou amarelo por fazer uma comemoração. O gol é o mais importante do futebol, cada um comemora da forma que quiser. E ato de racismo tem que parar para o futebol não se tornar uma coisa chata - disse Emerson.

Vinícius Jr. deverá jogar o clássico entre Real Madrid e Atlético de Madrid neste domingo. Será seu primeiro jogo após a fala racista de Pedro Bravo nesta semana.