Ricciardo quer indenização de US$ 21 milhões da McLaren

Daniel Ricciardo pode levar uma grande indenização para romper contrato com a McLaren. Foto: Marco Canoniero/LightRocket via Getty Images
Daniel Ricciardo pode levar uma grande indenização para romper contrato com a McLaren. Foto: Marco Canoniero/LightRocket via Getty Images

O piloto Daniel Ricciardo pediu o pagamento de uma grande indenização em troca da rescisão antecipada de seu contrato com a McLaren.

O australiano involuntariamente se envolveu na saga do contrato de Oscar Piastri, parece prestes a perder sua motivação para seguir na escuderia em favor de seu jovem compatriota.

Leia também:

Entende-se que Ricciardo é a única parte a ter o direito de rescindir seu contrato atual, que vai até o final do próximo ano. Várias fontes revelaram que o preço inicial do "West Aussie" é de US $ 21 milhões (cerca de 107 milhões de reais), embora se espere que isso seja reduzido à medida que a equipe negocie o preço.

É provável também que, se Ricciardo garantir uma vaga em outro lugar na próxima temporada, qualquer componente salarial que ele receba veria o mesmo valor reembolsado à McLaren.

Por exemplo, se receber US$ 10 milhões da Alpine para 2023, Ricciardo seria obrigado a reembolsar a McLaren US$ 10 milhões de qualquer valor de acordo finalmente acordado.

No entanto, também é possível que a McLaren seja responsabilizada por quaisquer custos legais que Piastri incorra como resultado da situação atual. O "Melburnian" é a figura central em uma disputa entre Alpine e McLaren por seus serviços, com o último aparentemente segurando o contrato principal.

Acredita-se que a Alpine não tenha um contrato válido de 'Fórmula 1', explicando por que a McLaren conseguiu apresentá-lo ao Conselho de Reconhecimento de Contratos sem conflito.

Isso sugere ainda que qualquer contrato em vigor com Piastri, provavelmente com a Alpine Academy, poderia ser perseguido através do sistema legal civil (presumivelmente francês), um ponto que o chefe da equipe Otmar Szafnauer sugeriu que provavelmente exploraria.

Nesse caso, é provável que uma cláusula de indenização no acordo com a McLaren faça com que quaisquer custos incorridos sejam passados ​​de Piastri para a McLaren.

A situação levanta a questão de por que a McLaren está preparada para desembolsar uma quantia significativa para encerrar seu relacionamento com Ricciardo e potencialmente estar no gancho para outro com Piastri.