Ricardo Gareca não continuará no comando da seleção do Peru

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O técnico argentino Ricardo Gareca não continuará no comando da seleção do Peru, ao não ter chegado a um acordo com a Federação Peruana de Futebol (FPF) por uma renovação de contrato, informou nesta quinta-feira a imprensa local.

"Ricardo Gareca decidiu não continuar na seleção peruana após a última proposta apresentada pela FPF", indicou a rádio RPP em seu site, citando fontes próximas do treinador.

"Gareca não recebeu bem a oferta de renovação apresentada pela FPF, que incluía uma redução considerável de seu salário e propunha a saída de alguns membros de sua comissão técnica", acrescentou.

"Não houve acordo: Ricardo Garega não continuará na seleção peruana", informou o jornal Depor.

O presidente da FPF, Agustín Lozano, viajou na segunda-feira a Buenos Aires para apresentar pessoalmente uma proposta de renovação para Gareca.

Segundo o portal esportivo Denganche, o contrato proposto contemplava uma redução salarial de 40% para o treinador, que assumiu a seleção peruana há sete anos.

Muito querido no Peru, o argentino levou o país de volta à Copa do Mundo em 2018, depois de 36 anos de ausência em Mundiais.

Gareca comandou a seleção em 96 jogos, com 40 vitórias, 21 empates e 35 derrotas.

cm/ol/cb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos