Retrospecto, quem mais jogou, artilheiros e mais: o raio-X dos 30 jogos de Diniz no Fluminense


A derrota de 1 a 0 para o Athletico-PR, no último sábado, foi o 30º jogo do Fluminense na segunda passagem de Fernando Diniz, treinador que mudou os rumos da equipe na temporada. O LANCE! traz um raio-X dos números do time nesse período.

+ Convocação da Seleção Brasileira é nesta sexta! Veja quem pode aparecer na lista de Tite

Fernando Diniz chega aos 30 jogos em fase conturbada e no pior momento da segunda passagem. A equipe conquistou apenas uma vitórias nas últimas seis partidas e deixou o G-4 do Brasileirão.

Apesar da queda de desempenho nos últimos jogos, o saldo do trabalho de Diniz é positivo. O treinador soma 17 vitórias, oito empates e cinco derrotas - um aproveitamento de 65,5%. Esses números, inclusive, são superiores aos da primeira passagem do treinador nas Laranjeiras.

+ Fluminense deixa o G4, mas mantém chances de título com tropeços dos rivais; veja os números

Nos 30 jogos, Diniz levou o Fluminense até a semifinal da Copa do Brasil e briga na parte de cima da tabela do Brasileirão. É importante lembrar que o treinador assumiu o Tricolor na 14ª posição da tabela e ocupa atualmente a 5ª colocação, após sete rodadas dentro do G-4.

Fernando Diniz - Fluminense x Corinthians
Fernando Diniz - Fluminense x Corinthians

Diniz à beira do gramado do Maracanã (Foto: Marcelo Gonçalves/Fluminense)

NÚMEROS DO FLU COM DINIZ

- 30 jogos
- 17 vitórias
- 8 empates
- 5 derrotas
- 65,5% de aproveitamento
- 59 gols marcados
- 32 gols sofridos

+ 'Apocalipse' de Diniz? Fluminense liga sinal de alerta em fase conturbada

QUEM MAIS JOGOU

Em pouco mais de quatro meses no Fluminense, Fernando Diniz utilizou 30 jogadores, sendo 29 de linha e o goleiro Fábio. Além do arqueiro, que manteve a titularidade absoluta, apenas Germán Cano participou de todas as 30 partidas do Tricolor.

1. Fábio e Cano - 30 jogos
2. Caio Paulista - 28 jogos
3. André e Samuel Xavier - 27 jogos
​4. Ganso - 25 jogos
5. Arias - 24 jogos
6. Nino e Manoel - 23 jogos
7. Matheus Martins, Nonato e Willian - 22 jogos

+ Veja mais notícias do Fluminense

ARTILHEIROS

Na segunda passagem de Diniz, o artilheiro da equipe não poderia ser outro senão Germán Cano. O argentino participou de todas as 30 partidas e marcou 20 gols - uma média de 0,66 por jogo. Ele é seguido por Arias, com oito, e Manoel, com seis.

1. Cano - 20 gols
2. Arias - 8 gols
3. Manoel - 6 gols
4. Matheus Martins - 5 gols
5. Ganso, Willian e Luiz Henrique - 4 gols

+ BRASILEIRÃO: confira a tabela e simule os resultados

GARÇONS

Até o momento, o título de maior garçom na segunda passagem de Diniz pelo Fluminense está com Arias, com folgas para o restante do elenco. O meia subiu de produção e distribuiu nove assistências nas 24 partidas em que esteve em campo com o treinador.

1. Arias - 9 assistências
2. Cano - 5 assistências
3. Ganso, Caio Paulista, Willian e Martinelli - 4 assistências