Renato Augusto se coloca à disposição do Corinthians para 'decisão' na Copa do Brasil: 'Me sinto bem'

Renato durante treino do Timão (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)


O torcedor do Corinthians ficou apreensivo na última semana com a notícia de mais uma lesão envolvendo Renato Augusto. Contudo, após entrar no segundo tempo durante o empate em 1 a 1 com o São Paulo, o meia disse estar em boas condições físicas para o duelo de volta na semifinal da Copa do Brasil, contra o Fluminense.

+ ATUAÇÕES: Autor de golaço, Yuri leva a melhor nota do Corinthians em empate no clássico

O veterano de 34 anos afirmou que a decisão sobre iniciar entre os titulares na quinta-feira (15) será entre a comissão técnica e o departamento médico.

- Vai depender do Vitor, ele vai conversar ainda com o Bruno (Mazziotti), mas estou me sentindo bem e é uma decisão. Então vou estar à disposição para iniciar - disse o camisa 8 na zona mista após o Majestoso de domingo.

O atleta comentou que a ideia de comissão técnica era colocá-lo alguns minutos no clássico contra o São Paulo e durante a semana avaliar sua condição e carga física. Renato não atuou no empate com o Internacional pois vinha lidando com um trauma na panturrilha.

- O programado era fazer 30 minutos hoje e agora vamos ter uma outra conversa para o jogo de quinta. Temos ainda alguns dias até lá, então ainda tem alguns treinos para a gente sentar e conversar, decidir o que vai ser melhor - comentou.

O camisa 8 também falou sobre a sua relação com Bruno Mazziotti, fisioterapeuta contratado pelo Timão para ser consultor do departamento de saúde e performance, e como ele vem ajudando em sua recuperação.

- Todo trabalho feito dentro do Corinthians lá em 2013/ 14, foi com ele. Então é um cara que me conhece muito bem, é um cara que tem toda uma confiança também. Então agregou com tudo aquilo que a gente já tinha, a gente já tinha um monte de coisa, já tinha um staff bom. Ajuda, e não só isso, ajuda também na parte mental, a gente conversa bastante. É um grande amigo que eu tenho de longa data. Então para mim foi extremamente importante - declarou.

O trabalho de Mazziotti vem surtindo efeito para Renato Augusto. Desde que o atleta se recuperou de uma lesão na panturrilha, que o afastou dos gramados por um mês e 12 dias, o jogador mudou a dinâmica do meio-campo e deu três assistências, além do gol marcado contra o Flu na partida de ida da Copa do Brasil.

- Não tem uma justificativa, mas é claro que me preparei bem, vinha treinando bem. Ninguém consegue manter um nível muito alto a temporada inteira, você oscila um pouco, ainda estava me adaptando na forma de jogo do Vitor. Hoje, já consegui entender muito mais claro o que ele quer, então procuro fazer mais do que ele pede e estar bem fisicamente. Acho que isso me ajudou bastante a fazer bons jogos - ponderou.

+ Confira a tabela do Brasileirão e simule os jogos do Corinthians

BRIGA PELO BRASILEIRÃO

O empate no Majestoso tirou o Corinthians do G4 do Campeonato Brasileiro pela primeira vez na temporada. O meia citou a sequência que a equipe enfrentou e destacou a paridade do Timão em comparação com elencos mais completos.

- A gente vinha de uma sequência grande, três competições, então se oscilava bastante. O Campeonato Brasileiro é um dos campeonatos mais difíceis que tem. Tirando as equipes que tenham elenco realmente grandes, que vão conseguir segurar. A gente tá igual a praticamente todas as equipes, oscilou bastante, mas continuamos bem na briga - iniciou.

- Estamos beirando o G4 se eu não me engano. Acho que a gente tá na quinta colocação agora, mas está tudo em aberto. Nesse momento é virar a chave, Copa do Brasil, vamos pensar no Brasileiro depois. O mais importante é esse jogo contra o Fluminense para poder chegar à final - concluiu o meia

Renato Augusto e o restante do elenco alvinegro irão se reapresentar na manhã de terça-feira (13) no CT Joaquim Grava, onde iniciarão a preparação para o jogo decisivo contra o Fluminense. A bola irá rolar às 20h, na Neo Química Arena, na quinta-feira.