Após acidente, zagueiro Renan relata ameaças à família e sai de Bragança Paulista

Para deixar a prisão, Renan teve que desembolsar três vezes o salário que recebe no Bragantino (Ari Ferreira/RB Bragantino)


Após se envolver em um acidente de trânsito que matou um motociclista em Bragança Paulista, interior de São Paulo, o zagueiro Renan precisou se mudar da cidade. O atleta relata que sua família sofreu ameaças na frente do condomínio onde ele morava. A informação é do portal 'UOL'.

+ Firmino recebe proposta de time italiano, Nacional espera resposta do Suárez… O Dia do Mercado!

Segundo um dos advogados do defensor de 20 anos, as ameaças teriam ocorrido entre a última sexta-feira e sábado, período em que o jogador estava detido. Em razão disso, os representantes do zagueiro solicitaram ao foro de Bragança a mudança de endereço de Renan.

O atleta foi indiciado por homicídio culposo - quando não há intenção de matar - para ser liberado ele teve que pagar fiança de R4 240 mil e entregar à polícia o seu passaporte.

+ Palmeiras e Red Bull Bragantino se posicionam após acidente com o zagueiro Renan

A vítima, o encarregado Eliezer Pena, ia de moto ao trabalho quando foi atingido pelo Honda Civic do jogador, por volta das 6h30 da manhã. Eliezer era palmeirense e deixou mulher e duas filhas.

Além do pagamento da fiança e a entrega do passaporte, a Justiça determinou que Renan deve comparecer em todos os atos do processo. Ele também foi proibido de frequentar bares e casas de shows.

O jogador está emprestado ao Bragantino pelo Palmeiras desde Abril. No entanto, após o acontecimento, o Massa Bruta decidiu que vai rescindir o contrato de empréstimo com o zagueiro, que seguiria até o final desta temporada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos