Remontada na Copa do Brasil dá novo sentido à temporada do Corinthians

Timão eliminou o Dragão da Copa do Brasil (Foto: Alex Silva / Lancepress!)


Eliminado na Libertadores, nove pontos atrás do líder do Campeonato Brasileiro e derrotado por 2 a 0 pelo Atlético-GO no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, o Corinthians chegou para o duelo decisivo contra o Dragão precisando do resultado para conseguir a vaga nas semifinais e buscar um novo sentido para a temporada.

+ ATUAÇÕES: Renato Augusto “garçom”, e Yuri Alberto faz três em classificação do Corinthians

Na noite da última quarta-feira, o Timão conseguiu uma virada heróica e fez com que a competição mata-mata se transformasse na grande chance corintiana de terminar a temporada conquistando um título.

A diretoria do clube alvinegro sabe que a pressão por conquistas é gigante, mas traçou um planejamento de profissionalização e gestão no primeiro ano de mandato (2021). No entanto, a ideia da linha de frente do Corinthians é ser mais competitivo no futebol. E nisso pressupõe a conquista de campeonatos.

Internamente, o Timão ainda não jogou a toalha no Brasileirão. Ter perdido para o Palmeiras no último fim de semana afastou a equipe da liderança por nove pontos - quando a expectativa era que essa distância diminuísse para três - , mas como ainda há 15 rodadas a serem disputadas, os corintianos acreditarão enquanto houver chances.

+ Confira a tabela da Copa do Brasil e simule os próximos jogos

- Nós nunca priorizamos uma competição. O que tentamos até aqui é estarmos vivos em todas. Tentamos ir o mais longe possível na Libertadores, nesta Copa e estar o mais à frente na classificação no Brasileiro. Vamos ter Copa (do Brasil) outra vez na outra semana. Não vamos ter tempo de trabalho. Vamos ter jogo no meio da semana. Aqui, à Copa (do Brasil), até a final, são dois jogos. Agora, vamos tentar fazer o melhor no Campeonato (Brasileiro), Ainda há muito pela frente. Se tivéssemos ganhado do Palmeiras, seriam três pontos de diferença. É continuar a pensar jogo a jogo, acumular pontos e apostar nesta Copa (do Brasil) para conseguir um título. Temos um adversário complicado (Fluminense, na semifinal), mas temos que nos preparar - destacou o técnico Vítor Pereira durante a entrevista coletiva posterior a vitória contra o Atlético-GO, na última quarta-feira (18).

Além da caça ao Palmeiras no Brasileiro, o Timão tem à sua frente na tabela o Flamengo. E neste domingo (21), o Rubro-Negro e o Alviverde se enfrentam, no Allianz Parque, pela competição nacional. Um empate neste duelo é o mais importante para os corintianos, que entrarão em campo logo depois, às 18h, contra o Fortaleza, no estádio do Castelão.

COPA DO BRASIL

O Timão ressurgiu na competição nacional. O golpe, ao perder por 2 a 0 o jogo de ida das quartas de final contra o Atlético-GO, em Goiânia, foi duro, mas a virada, vencendo a volta por 4 a 1, recolocou o Corinthians numa condição de protagonismo.

Caberá agora a Vítor Pereira fazer a gestão do elenco, não só a níveis físicos, mas também ter o controle da empolgação, já que há três semanas o triunfo corintiano contra o Atlético-MG levantou o moral da equipe que acabou sofrendo com derrotas e eliminações posteriormente a isso.

No Brasileirão, resta sonhar. Caso o título não chegue, é fundamental que a equipe alvinegra esteja entre os quatro primeiros colocados, zona de classificação para a disputa do torneio continental do ano que vem.

De toda forma, estar na Copa do Brasil, principalmente por conta do moral elevado pela remontada sobre o Dragão, é o mais encaminhado para que o Coringão encerre a temporada levantando algum troféu.