Rei Pelé lamenta morte de Rainha Elizabeth II: 'Seu legado vai durar para sempre'

Rainha Elizabeth II e Pelé, em 1968 (Reprodução)


O mundo se despediu nesta quinta-feira da Rainha Elizabeth II, monarca mais longeva da história do Reino Unido, aos 96 anos. Nas redes sociais, o Rei Pelé lamentou o falecimento da britânica. Os dois se encontraram em 1968, em um amistoso realizado no Maracanã.

+ Mundo esportivo lamenta morte da Rainha Elizabeth II, do Reino Unido

- Sou um grande admirador da Rainha Elizabeth II desde a primeira vez que a vi pessoalmente, em 1968, quando ela veio ao Brasil testemunhar nosso amor pelo futebol e conheceu a magia do Maracanã lotado. Alguns anos depois, generosamente ela me condecorou com a Ordem do Império Britânico, a mais alta honraria do país - começou Pelé.

+ Partida do Arsenal na Europa League tem homenagens à Rainha Elizabeth no intervalo

- Seus feitos marcaram gerações. Este legado durará para sempre. Neste dia triste, compartilho essa memória com todos vocês e envio a minha mensagem de carinho e minhas preces para a família real britânica e a todos amigos do Reino Unido - completou o ex-jogador.

A partida se deu entre as seleções paulista e carioca, e na época, Elizabeth II já estava há 16 anos no reinado. Pelé, por sua vez, já era uma estrela do futebol e tinha duas Copas do Mundo na bagagem. O Rei do Futebol também compartilhou a imagem do encontro.