Reforços 'ruins' pressionam Anderson Barros no Palmeiras | Jorge Nicola

Diretor executivo do Palmeiras desde a saída de Alexandre Mattos, Anderson Barros já correu sério risco de demissão nos últimos tempos, mas os títulos o salvaram. Apesar das conquistas, o custo-benefício dos reforços trazidos pelo dirigente não está agradando aos conselheiros.