Reencontro com zagueiro, volta de Gabigol e mais: o que ficar de olho no Flamengo contra o RB Bragantino

Flamengo teve cinco casos de Covid-19 no elenco (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)


Com a necessidade de vencer para subir na tabela e aliviar a pressão sobre o técnico Paulo Sousa, o Flamengo volta a campo para enfrentar o Red Bull Bragantino nesta quarta-feira. A partida acontece no Nabi Abi Chedid, às 20h30, pela décima rodada do Brasileirão. Por isso, abaixo, o LANCE! mostra cinco pontos para ficar de olho dentro de campo.

> Landim pede para Fla mapear mercado enquanto Paulo Sousa fica

VOLTA DE GABI
Para a partida desta noite, o técnico Paulo Sousa contará com o retorno de Gabigol. O atacante foi desfalque na última rodada contra o Fortaleza, já que cumpria suspensão automática. Em um momento de pressão, o camisa 9 será essencial para que o Flamengo tenha boas chances de vencer o Red Bull Bragantino.

DEFESA COM PROBLEMAS
Por outro lado, Paulo Sousa terá desfalques no sistema defensivo. Isso porque Pablo e David Luiz receberam o terceiro cartão amarelo contra o Fortaleza e, assim, ficam de fora nesta quarta-feira. Dessa forma, Léo Pereira ou Gustavo Henrique formará a dupla de zaga ao lado de Rodrigo Caio.

ESCOLHAS NO ATAQUE
A defesa, aliás, não é o único setor que requer mudanças, pois Bruno Henrique também cumpre suspensão na rodada. Caso mantenha Pedro entre os titulares, Gabi deve atuar pelo lado direito enquanto a terceira vaga, na esquerda, fica em aberta. Hoje, Lázaro, Vitinho e Marinho são as opções.

REENCONTRO COM O CRIA
Nesta quarta-feira, a tendência é de que Natan seja titular do Red Bull Bragantino diante do Flamengo. Dessa forma, o jovem zagueiro reencontrará o clube que o profissionalizou e ex-companheiros de equipe. Vale lembrar que o Rubro-Negro garantiu R$ 27 milhões com a venda do defensor (clique aqui e relembre os moldes do negócio).

BOLAS PARADAS
​Por fim, vale mencionar que o Flamengo tem um ponto a favor para sair com os três pontos de Bragança Paulista. De acordo com dados do site "FootStats", o Rubro-Negro é o segundo time com mais faltas sofridas no Brasileirão (151). Logo, as bolas paradas aparecem como oportunidades para o Fla balançar as redes no Nabi Abi Chedid.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos