Brasileirão: Red Bull Bragantino e Goiás empatam em Bragança Paulista

Em jogo movimentado no Nabi Abi Chedid, o Goiás segurou o empate com o Bragantino (Divulgação/Bragantino)


Com um gol em cada tempo, Red Bull Bragantino e Goiás ficaram no empate em 1 a 1, no estádio Nabi Abi Chedid, em duelo válido pela 27ª rodada do Brasileirão. O Massa Bruta balançou as redes com Alerrandro, e Verdão fez o seu com Pedro Raul, que chegou aos 15 gols na artilharia - mesmo número de Cano, do Fluminense.

- VEJA A TABELA DO BRASILEIRÃO

CLASSIFICAÇÃO

Com o resultado no interior paulista, o Massa Bruta fica na 12ª posição, com 34 pontos. O Goiás é o 8º, com 37 pontos

PRÓXIMA RODADA

O Bragantino mede forças contra o Internacional, fora de casa. O Esmeraldino enfrenta o Botafogo, na Serrinha, e não poderá contar com seu principal nome na competição: Pedro Raul.

O atacante recebeu o terceiro cartão amarelo (comemorou com as mãos na orelha e ficou olhando para a torcida rival). O árbitro José Mendonça da Silva Junior puniu o artilheiro do Brasileirão.

BRAGANTINO MELHOR

Em casa, o Bragantino se lançou ao campo de ataque e tentou furar o sistema defensivo do Goiás. Apesar do volume no campo ofensivo, o Massa Bruta não conseguiu criar uma chance de muito perigo.

GOL DO BRAGANTINO

A bola aérea foi a solução dos donos da casa para furar o bloqueio do Goiás. Léo Ortiz levantou e Alerrandro cabeceou. Sem chances para o goleiro Tadeu.

GOIÁS TÍMIDO

Com a desvantagem no marcador, o Goiás teve a posse de bola e tentou criar. O único lance veio com Marquinhos Gabriel em chute de fora da área. Bem colocado, Cleiton defendeu.

EMPATE

A igualdade só veio no começo da etapa final. Após pênalti de Luan Cândido, o artilheiro Pedro Raul entrou em ação e não desperdiçou a cobrança.

BRAGANTINO NO ATAQUE

Com o gol do Esmeraldino, o Red Bull Bragantino voltou a marcar presença no campo de ataque. Porém, a afobação na hora de finalizar atrapalhava o time da casa. Em uma das melhores chances, Popó recebeu na grande área e o chute passou rente ao poste de Tadeu.

CHANCE DE OURO

Léo Ortiz voltou a chamar a responsabilidade no Bragantino e por muito pouco não deu a segunda assistência no jogo. O zagueiro desceu pela esquerda e cruzou. Gabriel Novaes, sozinho, entrou de carrinho e mandou por cima do gol.

DEFESA DE TADEU

No abafa final, o Massa Bruta conseguiu abrir a zaga do Goiás com Arthur. O camisa 7 avançou com a bola, limpou a marcação e arriscou. Tadeu se esticou todo e fez uma ótima defesa para garantir o empate.

RED BULL BRAGANTINO 1 X 1 GOIÁS
Local:
Nabi Abi Chedid, Bragança Paulista (SP)
Data-Hora: 18/9/2022 – 11h
Árbitro: José Mendonça da Silva Junior (PR)
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo (MG) e Jefferson Cleiton Piva da Silva (PR)
VAR: Rodrigo D Alonso Ferreira (SC)
Público/renda: 3.984 pagantes/R$ 74.620,00
Cartões amarelos: (RBB), Sávio, Marquinhos Gabriel, Renato Júnior, Pedro Raul (GOI)
Cartões vermelhos: –
Gols:
Alerrandro (27’/ºT) Pedro Raul (6’/2ºT)

RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Natan e Luan Cândido; Raul (Jadsom, aos 30/2ºT), Lucas Evangelista e Eric Ramires (Hyoran, aos 22/2ºT); Artur, Alerrandro (Werik Popó, aos 35/1ºT) (Gabriel Novaes, aos 30/2ºT) e Helinho (Miguel, aos 22/2ºT). Técnico: Mauricio Barbieri.

GOIÁS: Tadeu; Maguinho, Caetano, Reynaldo e Sávio; Auremir, Matheus Sales, Diego (Lucas Halter, aos 37/2ºT) e Marquinhos Gabriel (Caio Vinicius, aos 28/2ºT); Renato Junior (Pedro Junqueira, aos 20/2ºT) e Pedro Raul (Nicolas, aos 28/2ºT). Técnico: Jair Ventura.