RB Bragantino emite nota oficial para pedir desculpas a jogador do Goiás por gritos homofóbicos

Pedro Raul comemora seu 15º gol no Campeonato Brasileiro 2022 (Goiás/Divulgação)


No estádio Nabi Abi Chedid, o RB Bragantino empatou com o Goiás em 1 a 1, em duelo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Porém, o confronto foi manchado por um episódio lamentável envolvendo a torcida do Massa Bruta e Pedro Raul. Atleta do Goiás, o centroavante foi ofendido com gritos homofóbicos após marcar gol e fazer a sua comemoração habitual.

Confira: Red Bull Bragantino e Goiás empatam no Brasileirão

Artilheiro da competição ao lado de Germán Cano, com 15 gols, Pedro Raul marcou na partida dessa manhã e comemorou com as mãos nos ouvidos, como sempre faz. Em seguida, a torcida do time mandante se enfureceu e fez comentários preconceituosos sobre o atacante.

O RB Bragantino, em solidariedade ao atleta do adversário, emitiu uma nota oficial se desculpando pelos cânticos de seus torcedores e afirmando que tomará as medidas possíveis para identificá-los.

Pedro Raul tomou o terceiro cartão amarelo por conta da comemoração. Ele será ausência do Goiás na próxima partida, contra o Botafogo, dia 28, na Serrinha.

Confira a nota na íntegra:

- O Red Bull Bragantino repudia os gritos homofóbicos que, infelizmente, foram ouvidos hoje no Nabizão. O clube vem a público manifestar sua indignação com o ocorrido, pedindo desculpas ao jogador do Goiás, vítima das agressões verbais, e aos demais torcedores presentes em nosso estádio que, como nós, não compactuam com tais atos.

- O clube reforça, ainda, que irá trabalhar para ajudar a identificar os autores, assim como não medirá esforços para que o Nabizão seja, sempre, um ambiente acolhedor para todos os seus torcedores.